APS FATICK : LE PRÉSIDENT DE LA CEDA DÉCÈDE D’UN MALAISE LORS DE LA FINALE DE LA CAN APS MONDIAL U19 : UN BILAN POSITIF MALGRÉ LA 15ÈME PLACE DES LIONCEAUX (ENTRAINEUR) APS UEMOA : L’ACTIVITÉ DANS LES BTP S’EST DÉGRADÉE EN AVRIL (PUBLICATION BCEAO) MAP Guelmim: Début de la 9ème édition du Festival de la semaine du dromadaire MAP Côte d’Ivoire : 26,3 M€ alloués à la gratuité des soins MAP Mercato : l’Ivoirien Jean-Michaël Seri prêté à Galatasaray GNA Three billion cedis road infrastructure projects to start nationwide GNA Group to check misuse of drugs in Sabon Zongo formed APS MACKY SALL ANNONCE LE VERSEMENT D’UNE PRIME DE 20 MILLIONS AUX LIONS APS MACKY SALL : « TRAVAILLONS POUR REMPORTER LA CAN DANS 2 ANS »

Gestora da Inforpress elege aposta na capacitação do staff como primeiro passo para a reestruturação da agência


  17 Juin      6        Médias (3478), Photos (21287), Société (51002),

   

Cidade da Praia, 17 Jun (Inforpress) – A gestora única da Agência Cabo-verdiana de Notícias (Inforpress), Jacqueline Furtado, disse hoje, na Cidade da Praia, que a aposta na capacitação do staff representa o primeiro passo para se iniciar a reestruturação da referida agência.
Jacqueline Furtado falava em entrevista à Inforpress, à margem da abertura da formação em Jornalismo de Agência, ministrada pela Agência de Notícias Portuguesa (Lusa), com a parceira do Instituto Camões de Língua Portuguesa e a Direcção-Geral da Comunicação Social.
A responsável explicou que esta acção de formação se enquadra, basicamente, num dos pilares de reposicionamento da agência, que é, sublinhou, a capacitação do seu staff.
“Estamos muito felizes e com uma expectativa muito grande com relação à esta formação”, frisou.
“Nós tivemos essa preocupação, logo à primeira hora, porque entendemos que, primeiro, para se reposicionar e se reestruturar, temos que apostar na melhoria contínua das competências e das habilidades no nosso staff”, prosseguiu Jacqueline Furtado, para quem a agência precisa estar à altura de acompanhar as novas mudanças e dinâmicas que se está a registar todos os dias na conjuntura mediática.
A gestora única aproveitou ainda para relembrar que esta é a primeira de um protocolo que prevê sete formações, sendo três no ano de 2019 e quatro em 2020, sobre os “mais diversos temas”, nomeadamente multimédia que é, segundo disse, “um tema muito caro” para a Inforpress neste momento, jornalismo de investigação, agenda, área comercial e todas as áreas da agência.
Jacqueline Furtado destacou, igualmente, a parceria existente entre a Inforpress e a Lusa, que “transcende todos os aspectos protocolares”, assumindo-se como “uma relação de amizade”.
“A Lusa esteve envolvida na criação da agência e há 30 anos que vem suportando a Inforpress nos diversos domínios”, acrescentou a gestora da agência cabo-verdiana, destacando que “graças à Lusa foi possível a materialização desta formação”, sem deixar de referir “dois outros grandes actores” que possibilitaram o evento: O Instituto Camões e a Direcção-Geral da Comunicação Social.
GSF/JMV

Dans la même catégorie