INFORPRESS Presidente da República pede “esforço adicional” na diminuição de contágio para retoma das aulas presenciais na capital INFORPRESS OMS enaltece a importância da comunicação para evitar o impacto da covid-19 INFORPRESS FCF alarga prorroga inscrição na plataforma “Cabo Verde Football Connect para final de Outubro INFORPRESS Businessman Américo Soares appointed honorary consul of Brazil in Sal Island INFORPRESS COVID-19: Results of PCR tests will become known via digital platforms – PR INFORPRESS COVID-19: Country situation will be “much more difficult” in 2021 if the current situation is not changed – PR INFORPRESS Porto Novo / Planalto Leste: 250 tonnes d’eau mobilisées à travers les réservoirs sont garanties aux éleveurs AIP La politique publique d’achat de bois validée par les acteurs de la foresterie AIP Les États insulaires africains lancent une initiative commune pour l’approvisionnement en médicaments (OMS) AIP Le gouvernement entérine la création d’une centrale à biomasse

Governação/ Primeiro-ministro entrega Orçamento Geral de Estado para 2020 no parlamento


  1 Septembre      24        Politique (11481),

   

Bissau,01 Set 20(ANG) – O primeiro-ministro, Nuno Gomes Nabian, entregou segunda-feira na Assembleia Nacional Popular o Orçamento Geral de Estado(OGE) para 2020 e o Plano Nacional de Desenvolvimento.

« É um instrumento muito importante para a governação, está atrasado devido a certas circunstâncias, mas já o entregámos na Assembleia Nacional Popular para que seja aprovado », afirmou o primeiro-ministro guineense aos jornalistas.

Questionado sobre o que destaca no orçamento, Nuno Gomes Nabian referiu as intervenções urgentes a nível das infraestruturas, principalmente estradas essenciais para o desenvolvimento do país.

« Vamos atacar problemas sociais, nomeadamente problemas a nível da saúde e educação, para permitir que o ensino arranque », salientou.

Em declarações à Lusa em julho, o ministro das Finanças guineense, João Fadiá, disse que o Orçamento Geral de Estado está orçado em 400 milhões de euros e vai aumentar as dotações para os setores da saúde e educação.

O ministro das Finanças destacou também que o documento prevê despesas de investimento de cerca de 61 mil milhões de francos cfa (cerca de 93 milhões de euros) e 53 mil milhões de francos cfa (cerca de 80 milhões de euros) de reembolso da dívida.

As despesas de funcionamento rondam os 147 mil milhões de francos cfa (cerca de 224 milhões de euros) e o défice é de 101 mil milhões de francos cfa (cerca de 154 milhões de euros).

O Governo da Guiné-Bissau, liderado por Nuno Gomes Nabian, tomou posse em março, mas o seu programa só foi aprovado em julho.

Em relação ao Orçamento do Estado para 2021, o primeiro-ministro guineense disse que está a ser trabalhado e que vai ser entregue à Assembleia Nacional Popular em meados de outubro.
« Em 2021 vamos ter de facto grandes projetos. Todos os grandes investimentos são para o ano de 2021 », salientou.

Dans la même catégorie