GNA U-20 Women’s World Cup: Ghana suffer another humiliation to exit tournament  GNA Rana Motors partner GFA to launch Qatar OMBC project GNA Thunderstorm or rain expected over transition and northern sector this evening GNA Ghana to mark World Folklore Day with multi-national summit GNA CyberX Africa launches its conference and exhibition 2022 to enhance cyber technology GNA Renew NHIS cards with mobile renewal service – Dr Okoe Boye GNA Ghana loses more than GHc5.6 billion annually in tax revenue GNA Minister of Food and Agriculture inaugurates Twifo Oil Palm Plantation Board GNA Invest for Jobs launches Green SME Networking Festival in Kumasi GNA GIPC Boss urges private sector to explore partnerships for growth

Governo aponta Cidade Velha como testemunho da “grandiosidade histórica” da Nação cabo-verdiana


  27 Juin      19        Culture (285),

   

Governo aponta Cidade Velha como testemunho da “grandiosidade histórica” da Nação cabo-verdiana
Cidade da Praia, 27 Jun (Inforpress) – O ministro da Cultura afirmou esta domingo, que a Cidade Velha transformou-se num pequeno aglomerado urbano e é testemunho da “grandiosidade histórica” da Nação cabo-verdiana, que tem recebido vários investimentos para torná-la um ponto de referência.
Abraão Vicente, que é também presidente da Comissão Nacional da Unesco para Cabo Verde, fez estas declarações numa mensagem alusiva a mais um aniversário da elevação da Cidade Velha a Património Mundial, que se celebra a 26 de Junho.
“Celebramos hoje mais um aniversário da elevação da Cidade Velha a Património Mundial. O nosso sítio histórico, berço da Nação cabo-verdiana, onde começou-se a desenhar a história e o futuro do nosso País, arquipélago descoberto por navegadores que depois, devido às suas características, transformou-se num pequeno aglomerado urbano, é, hoje, o testemunho da grandiosidade histórica”, declarou.
Segundo o governante, Cidade Velha transformou-se numa grandiosidade que tem merecido investimento de sucessivos Governos em Cabo Verde, de forma a preservar e valorizar este legado que é de todos os cabo-verdianos, residentes e na diáspora, mas, também, de toda a humanidade.
Todos os investimentos, prosseguiu, têm sido no sentido de torná-la um ponto de referência em Cabo Verde e para que ganhe a centralidade que merece, tendo realçado que nos últimos seis anos foram vários os investimentos que o Governo realizou neste sítio histórico.
Destacou a reabilitação da Igreja de Nossa Senhora do Rosário, inserida no âmbito do plano nacional de reabilitação dos edifícios históricos e religiosos, financiada pelo Fundo do Turismo de Cabo Verde, recuperação da primeira fase da orla marítima da Cidade Velha, no âmbito do PRRA, Intervenção da estrada Cidade Velha – Santa Marta (beneficiada com iluminação pública) e Salineiro – Santana no âmbito do PRRA.
Foi ainda feita a requalificação da via de ligação entre a Sé Catedral e o Forte de São Filipe, bem como a construção de um quiosque de informação turística (encosta de Fortaleza), para que, sublinhou, sirva de ponto de informação turística no circuito turístico da Cidade Velha, Património Mundial e reabilitação do Centro Interpretativo, a fim de permitir o funcionamento do roteiro turístico da Cidade Velha, Património Mundial.
“Para além disso, o Governo de Cabo Verde já tem delineado mais projectos para recuperar bens materiais de alto valor patrimonial e histórico e, ainda, devolver à comunidade um espaço de lazer, fruição cultural, potenciando diversas actividades socioculturais, contribuindo para o fortalecimento do sentimento de pertença por parte da comunidade local e alavancar o turismo histórico e cultural, valorização histórica que irá contar com várias parcerias”, reiterou.
Apontou, neste âmbito, o Plano Salvaguarda Cidade Velha – Banco Mundial Reabilitação São Veríssimo, a ser garantido pelo Fundo Mundial para o Património Africano (AWHF), Empreendedorismo em Sítios Património Mundial – Cidade Velha –Unesco, Musealização in situ Capela Nossa Senhora da Conceição, em parceria com Camões Instituto.
Salientou ainda que o Governo pretende mobilizar parcerias para a reabilitação do Bairro São Pedro, bem com as casas da rua banana, sinalização turística no sítio histórico e reconstrução do restaurante de Pelourinho.
“A nossa missão, enquanto povo e enquanto Estado, é e continua a proteger e valorizar o legado histórico e patrimonial da Cidade Velha para memorar a nossa ancestralidade e perpetuar um lugar-comum, onde a história universal se conflui e a comunidade se reconhece”, concluiu.
Cidade Velha, no município de Ribeira Grande de Santiago, comemora hoje 13 anos de elevação a Património Mundial.
Em 2009, a Unesco reconheceu perante a humanidade que “a perda por degradação ou desaparecimento de quaisquer desses bens constitui um empobrecimento do património de todos os povos do mundo” com a inscrição de Cidade Velha na Lista do Património Mundial da Humanidade.
O processo de candidatura, que foi aprovado por unanimidade, a 26 de Junho de 2009, foi liderado pelos técnicos do Instituto do Património Cultural Carlos Carvalho e Charles Akibodé.
Segundo informações disponibilizadas no site do IPC, o sítio histórico da Cidade Velha foi classificado como Património da Humanidade pelos critérios II, III e VI.
O critério II prende-se aos monumentos e vestígios ainda existentes na Cidade Velha enquanto testemunhos do seu papel nas trocas comerciais, o critério III, pela sua paisagem urbana, marítima e pitoresca que remetem aos mais de três séculos de escravidão dos seres humanos.
O critério VI, por ser o berço da primeira sociedade mestiça que se difunde pelo Atlântico através da gastronomia, farmacopeia, e outros saberes.

Dans la même catégorie