GNA Accra College of Medicine holds sixth matriculation/fourth white coat ceremony Infopress Movimento ‘Wake Up, Queen’ quer empoderar economicamente as mulheres cabo-verdianas Infopress Fogo: Formação em iniciação profissional de guias turísticos principia ainda este mês Infopress Santo Antão: Incêndio em armazém destrói 12 motores de bote em Cruzinha Infopress Futebol: Presidente da AFRN-SA acusa clubes de “tentativa de boicote” do arranque das provas Infopress “Vivarte – Escola de Artes” de Pensamento forma nova geração de artistas e trabalha na integração social da comunidade GNA COVID-19 kills 26 people in Bono Region within three months INFORPRESS Malabo acolhe I Cimeira de Negócios da Confederação Empresarial da CPLP GNA Employees urged to join or form associations GNA Bono East Region records 1.2 percent Covid-19 deaths

Governo atribui pensão aos desportistas que representaram selecções nacionais


  8 Février      18        Politique (15506),

   

Cidade da Praia, 08 Fev (Inforpress) – O Governo de Cabo Verde decidiu atribuir uma pensão de sobrevivência aos desportistas que representaram as selecções nacionais “pelos contributos relevantes prestados ao País na área do Desporto”.
A alteração da lei que aprova o regime-geral das pensões do Estado (lei nº 115/IX/2021) foi publicada no Boletim Oficial nº 10, I série, de 05 de Fevereiro, após a sua promulgação pelo Presidente da República.
À semelhança do já praticado na cultura, a alteração acrescenta o princípio segundo o qual a participação de agentes desportivos nas selecções nacionais é classificada como “missão de interesse público” e, como tal, é merecedora de apoio e de protecção social.
Esta reivindicação surgiu de um grupo de antigos futebolistas internacionais cabo-verdianos que clamam por uma pensão de sobrevivência, como forma de serem reconhecidos pela sua valorização em representação da selecção nacional.
O documento sublinha ainda que o regime jurídico das selecções nacionais e de outras representações desportivas, aprovado no decreto-lei nº 30/2019, de 26 de Junho, estabelece que “a participação nas selecções nacionais e de outras representações desportivas reveste-se de especial interesse público, é objecto de apoio, protecção e de garantia especial por parte do Estado”.
Esta distinção é extensiva ao serviço da comunidade, na Administração Pública, em actividade por conta própria, nas artes ou na cultura, ou pela militância activa e efectiva em prol de Independência Nacional e da democracia no País ou, ainda, na afirmação da cabo-verdianidade, bem como na prestação de serviços relevantes ao País.

Dans la même catégorie