ABP Bientôt un nouveau code pétrolier pour règlementer le secteur pétrolier au Bénin ABP 36,5 milliards F Cfa pour la protection de la côte à l’Est de Cotonou et la viabilisation du site de construction logements sociaux à Abomey-Calavi ABP Signature à Malanville d’un accord de partenariat entre la FNEN-DADDO et l’ASPEB sur la transhumance transfrontalière. AIB Acquittement  de Laurent Gbagbo et procès du putsch manqué, en vedettes dans la presse burkinabè Inforpress Inforpress e Instituto Camões rubricam protocolo de cooperação para aprimoramento e capacitação profissional da agência Infropress Restauração da Capela Gótica da Igreja de Nossa Senhora do Rosário arranca em Fevereiro e será concluída em Dezembro de 2019 Inforpress Futebol: Fabrício Duarte apita jogo de apuramento da Taça das Confederações AGP Le président Ali Bongo de retour au Maroc pour sa convalescence Inforpress Fogo: Segunda fase de reabilitação do Complexo Educativo Eduardo Gomes Miranda inaugurada na sexta-feira AIB Le Burkina veut améliorer la qualité de son climat d’affaire

Governo e ue assinam convenção de financiamento no valor de 551 mil contos para projectos de competitividade


  18 Janvier      54        Economie (21983), Finance (3696), Photos (20289),

   

Praia, 18 Jan (Inforpress) – O Governo de Cabo Verde e a União Europeia assinaram hoje, na Cidade da Praia, uma convenção de financiamento no valor cinco milhões de euros (cerca de 551 mil contos) para apoiar projectos de competitividade e melhorar o ambiente de negócios.

Assinado pelo vice-primeiro-ministro e ministro das Finanças, Olavo Correia, e pela embaixadora da União Europeia em Cabo Verde, Sofia Moreira de Sousa, o programa está inserido no Fundo Regional da União Europeia para a África Ocidental, orçado de 74 milhões de euros, visando apoiar esta região africana e mais oito países da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) no reforço da competitividade, comércio, criação de empregos, sobretudo para jovens e mulheres.

Na ocasião, o governante assegurou que o montante vai ser destinado a projectos de micro, pequenas e médias empresas e irá ajudar o Governo a acelerar o programa de reformas e melhorar o acesso a financiamento, mas também melhorar as condições para o ambiente de negócios em Cabo Verde.

“A nossa ideia é melhorar o ambiente de negócios para que as empresas pequenas do sector do turismo, tecnológicas de informações e comunicação, das energias renováveis, possam ter acesso a financiamento e melhor enquadramento para expandirem os seus negócios”, explicou, realçando que o Estado terá de ser facilitador, promotor e criar condições a nível dos transportes e do financiamento para que o sector privado possa ter as melhores condições de expandir e inovarem os seus negócios.

AV/JMV

Dans la même catégorie