ANP Dernière décade du mois de Ramadan: Nuit du destin (laylatoul Qadr) et Préparatifs d’Aid El Fitr à Niamey AGP Gabon/Retraite complémentaire obligatoire: certains salariés restent pessimistes AGP Gabon : Un gabonais interpellé à Oyem avec cinq pointes d’ivoire APS LIGUE 1 : L’AS PIKINE NOUVEAU LEADER APS L’OMVG LANCE SON PLAN DIRECTEUR DE DÉVELOPPEMENT INTÉGRÉ APS MATAM : ’’BEAUCOUP D’AVANCÉES’’ SUR LES INDICATEURS (IA) APS LE CEMGA ENCOURAGE LES MILITAIRES DU 22ÈME BATAILLON À ’’DÉVELOPPER LA POLYVALENCE’ APS UNIVERSITÉ IBA DER THIAM : UN DÉLAI DE SIX MOIS ANNONCÉ POUR TERMINER LES CHANTIERS ANP Élections du maire de Maine Soroa (Diffa): Ibrahim TANDJA du MNSD-Nassara élu maire de la ville ANP D’importantes pluies avec des risques d’inondations sont attendues au Niger en 2021 (Prévisions)

Governo propõe criação de agência para lobbying e captação de recursos na diáspora para “investimentos sustentáveis”


  19 Octobre      36        Société (31705),

   

Cidade da Praia, 19 Out (Inforpress) – O ministro dos Negócios Estrangeiros e Comunidades anunciou hoje a intenção do governo em criar uma agência denominada Cabo Verde Nação Global, para fazer lobbying internacional a favor do país e captar recursos da diáspora para “investimentos sustentáveis”.
Segundo Luís Filipe Tavares, que falava por vídeoconferência com representantes de várias comunidades cabo-verdianas no exterior, para assinalar o Dia da Cultura e das Comunidades comemorado este domingo, a “Cabo Verde Nação Global” terá a sua sede nos Estados Unidos de América, onde reside a maior comunidade cabo-verdiana no exterior.
Em declarações à Inforpress, o responsável pelo departamento governamental dos Negócios Estrangeiros e Comunidades garantiu que com a referida agência se pretende também “aproximar ainda mais” os cabo-verdianos da sua terra de origem.
Durante a videoconferência, Luís Filipe Tavares discorreu sobre o patrono do Dia da Cultura e das Comunidades, Eugénio Tavares, aproveitando a oportunidade para, segundo ele, falar, também, do “trabalho intenso” que o Governo vem desenvolvendo para, por um lado, “prestar um serviço consular de qualidade aos emigrantes cabo-verdianos” e, por outro, “trabalhar com as autoridades dos países de acolhimento para uma boa integração dos cabo-verdianos”.
Participaram desta videoconferência representantes das comunidades do Senegal, Portugal, Suíça, Brasil, Estados Unidos, Países Baixos e Macau, que dissertaram sobre temas como: “História e testemunhos da Diáspora cabo-verdiana”, “A identidade cultural cabo-verdiana” e a “A importância do tema saudade na história da emigração espalhada pelo mundo.

Dans la même catégorie