MAP Eliminatoires Mondial Costa Rica (Dames/U20): le match Bénin-Maroc interrompu en raison des intempéries ANP Présidentielle de février 2021 au Niger : Mahamane Ousmane réclame toujours la victoire. GNA Shai-Osudoku Assembly inaugurates classroom project AIP L’UDPCI planche sur son avenir et la situation sociopolitique nationale AIP Emmanuel Ahoutou prend fonction à la tête du Comité de privatisation AIP Le Trésor booste sa stratégie de mobilisation des recettes non fiscales AGP Guinée/Santé : Les regroupements et manifestations de masse autorisés à partir du lundi 27 septembre 2021 (ANSS) AGP Mamou-Coopération: Les nouvelles autorités de Mamou et celles de Kabala, ouvrent officiellement la frontière Guinéo-Sierra Leonaise AGP Guinée : La sage-femme Marie Condé revient sur les grandes lignes de la concertation de l’ONSFMG avec le CNRD GNA MTN donates GHC 100,000.00 to Otumfuo Education Fund

Governo propõe criação de agência para lobbying e captação de recursos na diáspora para “investimentos sustentáveis”


  19 Octobre      36        Société (35855),

   

Cidade da Praia, 19 Out (Inforpress) – O ministro dos Negócios Estrangeiros e Comunidades anunciou hoje a intenção do governo em criar uma agência denominada Cabo Verde Nação Global, para fazer lobbying internacional a favor do país e captar recursos da diáspora para “investimentos sustentáveis”.
Segundo Luís Filipe Tavares, que falava por vídeoconferência com representantes de várias comunidades cabo-verdianas no exterior, para assinalar o Dia da Cultura e das Comunidades comemorado este domingo, a “Cabo Verde Nação Global” terá a sua sede nos Estados Unidos de América, onde reside a maior comunidade cabo-verdiana no exterior.
Em declarações à Inforpress, o responsável pelo departamento governamental dos Negócios Estrangeiros e Comunidades garantiu que com a referida agência se pretende também “aproximar ainda mais” os cabo-verdianos da sua terra de origem.
Durante a videoconferência, Luís Filipe Tavares discorreu sobre o patrono do Dia da Cultura e das Comunidades, Eugénio Tavares, aproveitando a oportunidade para, segundo ele, falar, também, do “trabalho intenso” que o Governo vem desenvolvendo para, por um lado, “prestar um serviço consular de qualidade aos emigrantes cabo-verdianos” e, por outro, “trabalhar com as autoridades dos países de acolhimento para uma boa integração dos cabo-verdianos”.
Participaram desta videoconferência representantes das comunidades do Senegal, Portugal, Suíça, Brasil, Estados Unidos, Países Baixos e Macau, que dissertaram sobre temas como: “História e testemunhos da Diáspora cabo-verdiana”, “A identidade cultural cabo-verdiana” e a “A importância do tema saudade na história da emigração espalhada pelo mundo.

Dans la même catégorie