Inforpress São Vicente/Futebol: Familiares e amigos rendem homenagem a Dukinha com torneio de veteranos Inforpress Representante do PNUD considera que Cabo Verde tem “desafios importantes” face à “lentidão da justiça” Inforpress Presidente do Siacsa posiciona-se contra o Orçamento do Estado para 2022 Inforpress Mau Ano Agrícola: Câmara de Santa Catarina prevê reabertura de frentes de trabalho com o programa de mitigação Inforpress Índice de volume de negócios aumenta em 15,9% no terceiro trimestre de 2021 face ao mesmo período de 2020 Inforpress Cabo Verde assinala Dia das Pessoas com Deficiência com Unified Sports envolvendo políticos e diplomatas Inforpress Brava: Jovem defende que investir na plantação de capim elefante diminui os efeitos da seca na criação animal  Inforpress Associação Business Angels de Cabo Verde quer fomentar sector do empreendedorismo no país AIP La CEI en campagne pour des élections sans violence AIP Bolloré transport et Logistics présente son expertise sur la gestion des concessions portuaires à « Expo Dubaï 2020 »

Governo transfere entre 2016 e 2018 “média anual de 7,1 milhões de contos” para o sector social – PM


  28 Février      302        Politique (19542),

   

Praia, 27 Fev (Inforpress) – O primeiro-ministro (PM) revelou hoje que o seu Governo transferiu entre 2016 e 2018 uma “média anual de 7,1 milhões de contos” para resolver os problemas sociais, contra uma média de 5,1 milhões por ano do Governo do PAICV.

Referindo-se ao que tem feito o seu Governo até ao momento, Ulisses Correia e Silva indicou que foi “alargado o direito à educação”, com “bom impacto” na transferência da renda indirecta às famílias, aumento das taxas líquidas de escolarização, diminuição do abandono escolar e no retorno às escolas de jovens que tinham abandonado o sistema.

O chefe do executivo fez essas considerações no debate mensal no parlamento sobre a problemática social, tema esse agendado a pedido da União Cabo-verdiana, Independente e Democrática (UCID-oposição).

“Estamos a proteger e a promover mais direitos a crianças, quer no acesso à educação, quer no acesso a cuidados, às artes, à cultura, na melhoria do alargamento do serviço de apoio, em parcerias de reinserção de adolescentes e crianças em regime tutelar e em parcerias para implementação do plano de acções para prevenção e combate aos abusos e explorações sexuais das crianças”, precisou o primeiro-ministro.

Para o governante, o país tem feito “importantes progressos” a nível do crescimento económico e da inclusão social, e que se tem investido “fortemente” nestes dois sectores, “com resultados”.

“O rendimento das famílias está a aumentar pelo efeito do aumento do emprego”, afirmou, acrescentando que se tem registado o “aumento da remuneração média da Administração Pública muito acima da inflação acumulada”.

No dizer de Ulisses Correia e Silva, o Governo está a “investir fortemente” na reabilitação de casas de famílias mais pobres, através do Programa de Requalificação, Reabilitação e Acessibilidades (PRRA), em pareceria com os municípios.

Dans la même catégorie