ANGOP L’UE consacre 12 millions d’euros aux programmes de résilience ANGOP La Réserve fédérale accompagne les réformes économiques en Angola ANGOP L’Angola et les Etats-Unis reprennent l’accord sur le commerce ANG Transferência de João Félix por 120 milhões de euros pulveriza recordes AGP Conakry-Kaloum: Les conseillers communaux valident l’application du Plan de Développement Local ANG Presidente da República nega nomeação de DSP ao cargo de primeiro-ministro AGP Conakry: Fin des travaux de la conférence intergénérationnelle des femmes et filles leaders pour la paix et la sécurité AGP Évasion ratée: Un fugitif réembarqué avec une balle dans la jambe AGP Koundara : un poste de santé pour les populations du district de Guingan APS DES DÉCIDEURS GOUVERNEMENTAUX FORMÉS À LA SÉCURITÉ SANITAIRE

Governo vai investir e incentivar jovens profissionais a apostarem na inovação tecnológica – secretário de Estado


  22 Mars      20        Economie (23962), Téchnologie (947),

   

Cidade da Praia, 22 Mar (Inforpress) – O secretário de Estado para a Inovação e Formação Profissional, Pedro Lopes, disse esta quinta-feira que o Governo quer investir e incentivar cada vez mais os profissionais e as empresas a apostarem nas inovações tecnológicas.
Pedro Lopes fez essas considerações em declarações à imprensa após ter conhecido a equipa de 19 formandos da formação de modelação e impressão 3D, promovida pela Fundação Smart City Cabo Verde, em parceria com o Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) e a Secretaria de Estado da Inovação.
“Os jovens profissionais em diferentes áreas tiveram, durante três dias, uma experiência única na área de modelação em 3D. Nós, enquanto Governo, queremos reforçar a nossa aposta nas infra-estruturas, capital humano e dinamização da nossa comunidade de ‘startups’ para termos jovens preparados para o presente, mas também para o futuro”, realçou.
O projecto, que pode ser uma solução de trabalho para jovens empreendedores, é, segundo Pedro Lopes, um esforço do Governo que, pela primeira vez, no seu Orçamento do Estado, disponibiliza mais verba para a área de formação profissional.
A presidente da Fundação Smart City Cabo Verde, Loide Monteiro, que considerou a formação “inovadora”, avançou tratar-se de uma parceria com o IEFP onde o interesse é trabalhar competências e incubação de ideias inovadoras.
PC/CP

Dans la même catégorie