ANP Niger : Le gouvernement se penche sur le phénomène de la mendicité dans le pays ANP Le Président de la République nomme un nouveau président de l’Autorité de lutte contre la corruption au Niger ANP Niger : Les épreuves écrites de la session 2021 du baccalauréat, prévues pour le 27 juillet, reportées au 4 août prochain ANP Le Niger se dote d’une stratégie nationale de couverture sanitaire universelle pour la période 2021-2030 ACAP Ouverture à Bangui des travaux de la Table-ronde du secteur forestier ACAP Les Magistrats recommandent l’engagement systématique des poursuites disciplinaires à l’encontre des juges indélicats ACAP Le gouvernement condamne les exactions perpétrées près de Bossangoa ACAP Le Ministre de la Justice s’entretient avec l’Ambassadeur de France en Centrafrique GNA Government to establish girls STEM SHS in Accra GNA Murdered Constable Emmanuel Osei laid to rest

Guiné-Conacri/Delegações internacionais terminam mediação


  28 Octobre      16        Santé (11003),

   

Bissau, 28 Out 20 (ANG) – A delegação da ONU/União Africana/CEDEAO deve deixar hoje Conacri após se ter avistado com os actores políticos na sequência da violenta contestação ao resultado das eleições presidenciais que deram na semana passada a vitória ao chefe de Estado cessante Alpha Condé.

Jean-Claude Kassi Brou, presidente da Comissão da CEDEAO, a organização sub-regional, avistou-se nomeadamente com Cellou Dalein Diallo, na capital guineense, na casa daquele que se tinha autoproclamado vendedor.

O diplomata marfinense admitiu que as consultas prosseguiam, mas fez um balanço positivo dos encontros mantidos.

« Trata-se de instaurar um pouco mais de confiança entre os actores, bem como de instaurar a paz e a serenidade.E sobretudo, parar com a violência.Gostaria de aproveitar esta oportunidade para agradecer ao primeiro-ministro Cellou Dalein Dialló e à respectiva equipa com quem mantivemos um debate muito bom, trocas de pontos de vista muito francos, vamos prosseguir as nossas consultas, »disse Kassi Brou.

Um novo balanço oficial da violência que se seguiu às eleições presidenciais dá agora conta de 21 mortos, segundo dados da televisão nacional citando o governo. A oposição denunciava 27 vítimas mortais.

Segundo a Comissão de eleições o presidente cessante Alpha Condé foi reeleito para um controverso terceiro mandato com 59,49% dos votos.

Por seu lado Cellou Dalein Diallo obteve 33,5%, mas contesta os resultados e denuncia um assalto eleitoral, ele que se tinha autoproclamado vencedor, logo no dia seguinte ao escrutínio.A sua residência tem, desde então, estado bloqueada pelas forças da ordem em Conacri.

Dans la même catégorie