APS MONDIAL U19 : LE DRAPEAU NATIONAL REMIS AUX LIONCEAUX DU BASKET APS POUR UNE DÉCENTRALISATION DES ACTIVITÉS DU CENTRE SÉNÉGALO-ALLEMAND D’INFORMATION À L’EMPLOI APS CONTRAT D’AFFERMAGE DE L’EAU : LA SDE VA SAISIR LA COUR SUPRÊME ANGOP UE disponibiliza 12 milhões de Euros para Programas de resiliência ANGOP Angola e os EUA retomam acordo sobre comércio ANGOP Bispos angolanos rezam missa no túmulo de Nsaku Ne Vunda APS INVESTISSEMENTS : LE GOUVERNEMENT INVITE LE PRIVÉ A PRENDRE LE RELAIS DE L’ETAT (MINISTRE) APS GREENPEACE DIT HALTE À L’INDUSTRIE DE FARINE ET DE L’HUILE DE POISSON APS LES ÉCHANGES COMMERCIAUX ENTRE DAKAR ET PÉKIN PORTÉS À PLUS DE 1500 MILLIARDS CFA EN 2018 (AMADOU HOTT) GNA Ministry lauds NGOs for their role in curbing illegal mining in Ghana

Ilha do Fogo: Artista foguense Timas lança no mercado segundo trabalho discográfico “Kusas di vida”


  25 Avril      40        Arts & Cultures (2540), Musique (487), Photos (21097),

   

São Filipe, 25 Abr (Inforpress) – O segundo trabalho discográfico, “Kusas di vida” (coisas da vida) do artista foguense Timas, composto por 13 faixas musicais, já se encontra à venda no mercado devendo o lançamento ocorrer no próximo mês de Maio.
O trabalho, que já está disponível na ilha do Fogo e nos Estados Unidos da América, devendo estar ainda esta semana à venda nas ilhas de Santiago, Sal e São Vicente, assim como na Europa, foi gravado cinco anos do primeiro trabalho de Timas, gravado em 2013, e cujas faixas musicais como “missão impossível”, “viagem de amor” e “Djarfogo” tiveram destaque.
No “Kusas de vida”, as 13 faixas musicais são todas da autoria de Timas e, contrariamente ao primeiro trabalho, além de estilos como funaná, coladera e zouk love, este segundo CD conta com outros três estilos musicais diferentes, nomeadamente afro, kizomba e talaia-baxu, este ultimo, ritmo tradicional da ilha do Fogo.
O trabalho foi gravado na Cidade da Praia, por Adalberto Lopes, conhecido por Dabs Lopes, que foi responsável pela mixagem, masterização e finalização, sendo que a produção musical esteve a cargo de um grupo de artistas como Jairson Fernandes, Phill Pro, Nito G e Geovany, tendo contado com participação de alguns companheiros como Mito Kaskas, Buguim, Bnine, Du Marthas, Ló e Vanir Andrade.
JR/AA
Inforpress/Fim

Dans la même catégorie