ACP Une exposition « photo-plaidoyer » pour l’amélioration de l’accès à l’eau potable en RDC ACP RDC : la JICA encourage l’apport de l’INPP dans l’économie congolaise ACP Les étudiants de l’UPC édifiés sur la francophonie ACP La CENI reporte les élections des gouverneurs GNA Government working towards non-custodial sentencing regime GNA Invest in Sustainable Water to Achieve SDGs – CRS GNA President Akuffo-Addo reiterates his resolve to end political Party vigilantism ACP L’Assemblée nationale dotée d’un règlement intérieur ACP Les journalistes membres de l’UPF encouragés à la formation continue ACP La secrétaire générale de l’OIF pour plus d’accès au haut débit d’internet

INE apoia instituições académicas nas suas investigações com o projecto de Literacia Estatística


  16 Mai      50        Science (536), Société (47746),

   

Cidade da Praia, 16 Mai. (Inforpress) – O Instituto Nacional de Estatística está determinado em apoiar o País na produção cientifica, através de um projecto de Literacia Estatística que ajude as instituições académicas nos trabalhos de investigação com as suas bases de dados.
Esta informação foi reiterada esta manhã pelo presidente do INE, Osvaldo Borges, durante o acto de assinatura do protocolo de colaboração com o Instituto Superior de Ciências Jurídicas e Sociais (ISCJS), na Cidade da Praia, onde ficou patente a promessa de partilhar as informações estatísticas como forma de minimizar os custos e o tempo das pesquisas.
Com esta parceria está-se a contribuir para que o país “comece a dar excelentes passos de investigação em algumas áreas”, razão pela qual o projecto de literacia permite ao INE chamar as universidades para juntos elaborarem os estudos, numa altura em que esta instituição, segundo aquele responsável, “está a ser pressionada” por várias instituições internacionais que procuram as bases de dados nacionais para estudos.
Borges descreve o protocolo como “mais um passo importante do INE” no âmbito do seu projecto de Literacia Estatística, com o intuito de chegar a todas as academias, escolas secundárias e toda a sociedade civil por considerar que as estatísticas deverão ter uma dimensão maior do que a que está a ter neste momento.
Enquanto isto, a presidente do ISCJS, Yara Miranda, assegura que o protocolo formalmente rubricado hoje já vem sendo posto em prática paulatinamente com a partilha de informações e publicações produzidas pelas duas instituições.
O protocolo, atesta, representa o resultado de um diálogo permanente que deve existir entre a academia e a sociedade cabo-verdiana, tendo sublinhado que o ISCJS estabeleceu como um dos seus objectivos estratégicos do seu plano de desenvolvimento institucional o estabelecer de uma ponte sólida e profícua com as várias instituições da sociedade civil cabo-verdiana.
Com este protocolo pretende-se estabelecer, igualmente, uma parceria sistemática e efectiva entre o INE e o ISCJS, com o objectivo de promover a articulação entre as partes no desenvolvimento de projectos de formação e desenvolvimento profissional, reforçar o desenvolvimento da produção, disseminação, análise e utilização científica da informação estatística nas duas instituições públicas.
Tem ainda a particularidade de promover a investigação científica e aplicada, assim como promover o desenvolvimento da produção estatística e a utilização do mesmo no processo decisório das instituições públicas e privadas, bem como a promoção da literacia estatística no seio da comunidade académica.
SR/ZS
Inforpress/Fim

Dans la même catégorie