GNA AfCFTA wants structured relationship with GNCCI to boost growth GNA Director-General of NSA donates to two constituencies in Ashanti Region APS L’UNIVERSITÉ DE THIÈS PILOTE UN PROJET D’OPTIMISATION DE LA CHIMIOPRÉVENTION DU PALUDISME SAISONNIER APS LE MASQUE, ÉQUIPEMENT DE PROTECTION, SOURCE DE DÉCHETS GNA Geological Survey Authority installs earthquake early warning equipment GNA Sanitation remains the greatest challenge in Accra – Regional Minister GNA Okwahu United FC player banned for six matches ANGOP Covid-19: Angola regista 289 novas infecções GNA Kumasi Zoo closed for Renovation Works GNA President Akufo-Addo inspects road projects in Oti

Inpharma vai apoiar Ministério da Saúde na realização de testes rápidos e PCR de covid-19


  7 Octobre      13        Santé (7757),

   

Cidade da Praia, 07 Out (Inforpress) – A Inpharma e o Instituto Nacional de Saúde pública (INSP) assinaram esta terça-feira um protocolo de cooperação que permitirá à Inpharma colaborar na mitigação da covid-19 através da realização de testes rápidos e PCR de SARS-Cov2 em Cabo Verde.
Na sua intervenção, no acto da assinatura do documento, a directora-geral da empresa de produção de medicamentos (Inpharma), Lisete Lima, destacou a importância da rubrica do referido protocolo.
Realçando o contexto actual pandemia da covid-19 e a capacidade instalada no laboratório de qualidade Inlab, a responsável da empresa de produção de medicamentos manifestou junto do Ministério da Saúde a sua total disponibilidade para colaborar na mitigação da covid-19.
“Com a experiência adquirida no Inlab e investimentos estimados em cerca de 25 mil contos, em equipamentos certificados e na ampliação das suas instalações, num curto espaço de tempo, estaremos em condições de cumprir com os requisitos para a autorização dos laboratórios privados para a realização dos testes de identificação do SARS-Cov2 pelo método PCR e rápido”, afirmou.
Com a assinatura deste protocolo, reforçou, a Inpharma estará em condições de poder dar o seu contributo no reforço da capacidade de respostas às necessidades do país em testar o SARS-Cov 2 no método PCR e colaborar com o país na prevenção contenção e mitigação da transmissão do vírus.
Por seu turno, o ministro da Saúde e Segurança Social, Arlindo do Rosário, lembrou que no âmbito das medidas de prevenção e mitigação da covid-19, o Governo conseguiu num espaço de seis meses instalar seis laboratórios de virologia no país.
Segundo o governante, verificando o cenário internacional relativamente à propagação da pandemia do novo coronavírus, Cabo Verde continua a “resistir” e a conseguir evitar um “aumento exponencial” da covid-19, frisando que o aumento considerável dos casos, com enfoque na cidade da Praia, tem merecido uma “boa capacidade de resposta” do serviço nacional da saúde.
“Os laboratórios instalados, apesar da boa capacidade de respostas que vem dando, teriam sérias dificuldades para responder esta demanda”, afirmou, destacando que a parceria com a Inpharma é uma mais-valia, sobretudo, na vertente da realização de testes nas viagens internacionais.
Considerou, neste sentido, a assinatura do referido protocolo como um “marco importante”, não só do ponto de vista sanitário, mas também económico e pela garantia que a mesma traz para a reabertura das fronteiras nacionais.
Cabo Verde registou nas últimas 24 horas mais três óbitos por causa do novo coronavírus e mais 73 casos positivos.
Com as actualizações desta segunda-feira, o País passa a contabilizar 839 infecções activas, 5524 recuperados, 68 óbitos e 2 transferidos, perfazendo um total acumulado de 6443 casos positivos.
A pandemia de covid-19 já provocou mais de um milhão e trinta mil mortos e mais de 35,2 milhões de casos de infecção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Dans la même catégorie