GNA Satellites advance to semi-finals of CAF Under-20 AFCON GNA Dr Awal pledges to accelerate Marine Drive Project GNA Traditional/religious leaders discuss ECOWAS Vision 2050 GNA AfCFTA will create more employment opportunities in pharmaceutical industry dpa/GNA Six Nations: France v Scotland postponed due to coronavirus outbreak GNA Footballers stand up against cyber mobbing in video GNA Tapir interrupts school exam in Malaysia by falling into drain APS UNE NOUVELLE HOULE DANGEREUSE ANNONCÉE SUR LA GRANDE-CÔTE APS YOUSSOUPH DABO CONTINUE AVEC TEUNGUETH FC ET ARRÊTE AVEC LES U20 APS PLUS DE 4.000 PERSONNES DÉJÀ VACCINÉES CONTRE LE COVID-19 (MINISTÈRE)

Instituições membros da FISAAE querem melhorar funcionamento da organização


  8 Février      17        Politique (15331),

   

Cidade da Praia, 08 Fev (Inforpress) – As instituições membros do Fórum das Inspecções Económicas e de Segurança Alimentar dos Países de Língua Oficial Portuguesa (FISAAE) querem melhorar o funcionamento da organização, e um melhor planeamento das acções concertadas.
De acordo com uma nota enviada à Inforpress pela ERIS, a recomendação saiu da sexta reunião da FISAEE, que decorreu em formato digital, cujo tema foi “Experiências durante o período pandémico: medidas sanitárias, acções inspectivas, desafios e oportunidades”.
Conforme avança o documento, as instituições querem também a criação de uma rede de troca de informações e alerta rápido para a prevenção de riscos emergentes nos países que integram a CPLP.
De acordo com o programa, as instituições membros e convidados apresentaram o balanço da sua intervenção, realçando os principais desafios e oportunidades identificados no quadro das acções inspectivas durante o período de pandemia.
“O factor comum, a covid-19, condicionou a acção das instituições, tanto por razões de segurança sanitária, de combate à doença, quanto pela necessidade de sensibilizar operadores para o cumprimento dos requisitos técnicos implementados em carácter de urgência, e ainda, pela necessidade de orientar os consumidores, fazendo face à desinformação”, pode-se ler no documento.
A VI reunião do FISAAE teve o objectivo de promover a aproximação entre as instituições e países membros do FISAAE, reforçando as afinidades e a cooperação entre as autoridades de inspecção alimentar e económica e os integrantes da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).
O evento contou com as intervenções dos representantes de entidades da área da inspecção de Angola (ANIESA), Brasil (ANVISA e INMETRO), Cabo Verde (ERIS e IGAE), Guiné-Bissau (IGCI), Moçambique (INAE), Portugal (ASAE), São Tomé e Príncipe (DRCAE) e de Timor Leste (AIFAESA), entre outros convidados.

Dans la même catégorie