ANP L’ambassadeur du Nigéria reçu par le Chef d’État du Niger ANP Maradi: Lancement d’une campagne sur de la planification familiale APS Cité du savoir de Diamniadio, un futur  »écosystème » pour la création d’entreprises et de start-up (Responsable) APS L’État invité à anticiper les pertes d’emplois liés au numérique APS Saint-Louis: Inhumation des quatre pêcheurs retrouvés morts au Cap-Vert APS Médias: Macky Sall plaide pour un message positif sur l’Afrique NAN Nigerian Army destroys bandits’ camp in Zamfara, Northwest Nigeria NAN Abuja chamber calls for strengthening of Nigeria-India economic ties MAP Rwanda : 14 mineurs tués dans l’éboulement d’une mine dans l’est du pays ATOP UNE JOURNEE PORTE OUVERTE SUR LA GEOGRAPHIE A L’UNIVERSITE DE KARA

Instituto Superior de Ciências e Tecnologias Agrárias abre portas no ano lectivo 2019/2020 na ilha de Santo Antão


  7 Juin      30        Innovation (317), Photos (20326), Téchnologie (882),

   

Ribeira Grande, 07 Jun (Inforpress) – O director-geral do Ensino Superior, Ciência e Inovação, Aquilino Varela, anunciou hoje, no Paul, a entrada em funcionamento do Instituto Superior de Ciências e Tecnologias Agrárias (ISCTA) no ano lectivo 2019/2020, em Santo Antão.
Segundo Aquilino Varela, “o governo pretende transformar o Ensino Superior num eixo estratégico de desenvolvimento do país, competitivo no contexto global e vocacionado para as potencialidades das regiões”, daí a escolha das Ciências e Tecnologias Agrárias para a implementação desse nível de ensino na ilha de Santo Antão.
“Trata-se da criação de uma instituição de Ensino Superior com vértice nas potencialidades da ilha, mas com vocação para servir o país, alinhado com o mundo”, disse Aquilino Varela, acrescentando que “trazer um figurino de Ensino Superior para Santo Antão com esta especificidade não circunscreve as escolhas formativas dos jovens de Santo Antão a esta instituição”, pelo contrário, aumenta-lhes o leque de escolhas.
Aquilino Varela explicou que esta estratégia acautela as referências que o Banco Mundial põe em relevo, de “criar ou incentivar a criação de Institutos Superiores ou Universidades conectadas com as potencialidades das regiões com vocação voltada para o mundo” e está alinhada com a instituição do “Campus do Mar”, em São Vicente, com foco na vocação marítima da ilha.
HF/JMV
Inforpress/Fim

Dans la même catégorie