GNA National service personnel urged to venture into livestock rearing GNA Former MCE, five others file nominations for Hohoe NDC parliamentary primaries GNA Government committed to improve living conditions in rural areas – DCE GNA NPP leadership urged to work to protect existing parliamentary seats GNA Volta NDC to vet 63 aspirants for parliamentary primaries GNA Vegetable sellers lament over lack storage facilities for preservation AGP Gabon : Lee White visite les usines de transformation du bois de Port-Gentil AGP Gabon : Le Secrétariat exécutif du PDG en tournée nationale sous le sceau de la cohésion et de l’unité AGP Championnat national D3 : Panthères Christ Roi et Moanda FC débutent bien AGP Guinée-Economie : Un arrêté de réglementation des activités des entreprises industrielles désormais disponible

« Investidores chineses esperam condições indispensáveis para invadir a Guiné-Bissau », diz embaixador chinês em Bissau


Bissau,11 Nov 16(ANG) – O embaixador da República Popular da China afirmou que o sector empresarial do seu país espera com expectativa a criação de condições indispensáveis para invadir , no bom sentido, a Guiné-Bissau.

Wang Hua que falava na cerimónia de entrega da segunda fase do projecto de iluminação solar para a cidade de Bissau, disse que as referidas condições passam pela estabilidade política e social, a unidade nacional e a protecção de pessoas e dos seus bens.

« A Guiné-Bissau não precisa de mais mesa redonda empresarial ou comercial », sustentou.
O diplomata salientou que os apoios internacionais são importantes mas devem ser relegados ao segundo plano.

Para Wang Hua, o apoio fundamental é o do povo guineense baseado no esforço próprio.
« O povo chinês ultrapassou a pobreza e o subdesenvolvimento graças as reformas introduzidas no país, ao trabalho árduo de todo o povo e a abertura ao exterior », explicou.

Governo da Guiné-Bissau e a República Popular da China, através do seu Embaixador no país assinalaram recentemente a conclusão da segunda fase do projecto de iluminação solar da cidade de Bissau.

Na ocasião Wang Hua salientou que que a cooperação da China com a Câmara Municipal de Bissau não se limita apenas ao projecto de iluminação solar, disse que ela irá alargar-se as áreas de agricultura, saúde, educação, preparação técnica de quadros, infraestruturas e outras.

Por sua vez, o Presidente da Câmara Municipal de Bissau considerou que agora a cidade de Bissau tem mais garantia e segurança para as pessoas circularem no período da noite em diversas artérias devido a existência de iluminação.

Adriano Ferreira qualificou a República Popular da China de parceiro ideal e imediato, acrescentando que, com a cooperação com este país asiático a Guiné-Bissau vai progredir rapidamente.
ANG/ Nô Pintcha

Dans la même catégorie