AIP Législatives 2021 : les Ivoiriens renouvellent leur parlement ce samedi AIP Daniel Karbownik, nouveau patron du Sofitel Abidjan-Hôtel Ivoire AIP Un jeune de Divo propose l’institution d’une taxe pour la paix en Côte d’Ivoire AIP Législatives 2021: début du vote des députés dans le calme à Dimbokro AIP Décès d’Irié Lou Colette, baronne du vivrier ivoirien AIP La CEI et le préfet de Daloa rassurent sur la sécurisation du scrutin AIP Le calumet de la paix à Ebikro-Ndakro AIP Le scrutin législatif dans la circonscription Niakara-Arikokaha-Tortiya reporté suite au décès d’une candidate suppléante (CEI) AIP La Présidence annonce un prolongement de l’hospitalisation du PM Hamed Bakayoko à Paris AIP Législatives 2021: La CEI condamne des propos « indignes d’un candidat » tenus par Lida Kouassi Moïse lors d’un meeting (Communiqué)

Jorge Santos perspectiva para finais de Janeiro a retoma do Parlamento Pan Africano


  21 Janvier      21        Politique (15666),

   

Cidade da Praia, 21 Jan (Inforpress) – O Presidente da República interino, Jorge Santos, perspectivou hoje, para finais de Janeiro, a retoma do funcionamento do Parlamento Pan Africano, realçando a importância que este órgão tem na defesa dos interesses do continente.

Jorge Santos fez esta intervenção à imprensa, à margem da visita do presidente do Parlamento Pan Africano, Roger Nkodo Dang, com vista à discussão de questões ligadas ao funcionamento da instituição, que pretende realizar uma sessão plenária virtual para analisar sua situação interna.

Na ocasião, Jorge Santos avançou ter sido um “encontro importante”, em que se tem lutado de forma  conjunta para a afirmação do Parlamento Pan Africano e também da sua transformação num “parlamento útil e engajado” com todo o processo do desenvolvimento do continente africano.

Conforme apontou, desde Março de 2020, com os acontecimentos da pandemia provocada pela covid-19, tem havido algumas dificuldades em termos de funcionamento presencial do Parlamento Pan Africano, pelo que é necessário pôr o parlamento a funcionar utilizando os meios de comunicação que existem.

“Ou seja, através do vídeo parlamento, como fazemos a nível nacional e a nível regional, entretanto, infelizmente alguns protagonistas do Parlamento Pan Africano vêm aproveitando desta situação, não promovendo o funcionamento”, explicou.

Nesta linha, assumiu que já foi decidido que, até finais de Janeiro, vai ser realizada uma sessão plenária do Parlamento Pan Africano para relançar as actividades, relançando ao mesmo tempo a legitimidade do presidente, sendo que a maioria dos Estados quer esta conferência.

Por outro lado, disse que a visita serviu também para debater sobre a luta contra a covid-19 no continente e exigir ao mundo que a África também tenha vacina para a sua população.

“O que nós estamos a verificar a nível mundial é algo que não se entende, pois existem vacinas para uns e não para outros, independentemente se há condições ou não para as comprar, é uma questão de sobrevivência e de saúde pública”, frisou.

O Chefe de Estado interino apelou à necessidade das Nações Unidas, da Organização Mundial da Saúde e também do Parlamento Pan Africano, intercederem no quadro desse mercado internacional, no sentido de conseguirem a parte das vacinas necessárias para debelar a situação.

Por sua vez, o presidente do Parlamento Pan Africano, Roger Nkodo Dang, exprimiu sua satisfação pelo encontro, ressaltando o importante papel de Cabo Verde e seus representantes na retoma das actividades do órgão.

No seu entender urge a necessidade desta retoma do parlamento, pois há questões que estão a pôr em causa o seu bom funcionamento, impedindo assim o debate de assuntos pertinentes sobre o desenvolvimento do continente africano.

HR/HF

Inforpress/Fim

Dans la même catégorie