ANG Bancada Parlamentar de PAIGC promete mover queixa contra mesa da ANP ATOP SANTE DES MERES ET DES ENFANTS DU TOGO : L’ONG « COURSIER D’HOPITAL INTERNATIONAL » SIGNE UN PARTENARIAT AVEC L’ATBEF ATOP LA PRESIDENTE DE LA HAUTE COUR DE JUSTICE DU BENIN ET L’AMBASSADEUR DU SENEGAL AU TOGO CHEZ LE PREMIER MINISTRE ATOP EDITION 2020 DE LA JOURNEE INTERNATIONALE DE LUTTE CONTRE LE SIDA : UNE CONFERENCE DEBAT MARQUE LA CELEBRATION APS PLAIDOYER DE MAIRES POUR PLUS DE MOYENS DE LUTTE CONTRE LES FEUX DE BROUSSE APS LE SYNTTAS DÉCRÈTE 72 HEURES DE GRÈVE RENOUVELABLES APS COVID-19 : LANCEMENT DE L’ALLIANCE POUR LA RÉPONSE À L’INFODÉMIE SUR LE CONTINENT APS LE COORDONNATEUR DE L’UVS PRÔNE UNE POLITIQUE GLOBALE D’USAGE DU NUMÉRIQUE AIP L’extinction de la télévision analogique démarre à partir du 1er janvier 2021 AIP Save the children présente son plan opérationnel 2020 sur l’éducation des OEV à Bondoukou

Literatura/PEN-Guiné-Bissau lança concurso sobre “Conto Tradicional”


  19 Octobre      23        Culture (619),

   

Bissau, 19 Out 20 (ANG) – A Associação de Poetas, Ensaístas e Romancistas(PEN-Guiné-Bissau) lançou esta segunda-feira o primeiro concurso literário na categoria de Conto Tradicional, com o objectivo de recolher, transcrever,, divulgar e conservar o rico conto oral tradicional guineense para o escrito.
Na ocasião, o Presidente do PEN-Guiné-Bissau, Abdulai Silá disse que é muito importante que o hábito de leitura e contacto com livro sejam promovidos, ou então que se vele para que a boa tradição e o património cultural guineense seja preservado.

Lembrou que no passado, o país organizava um concurso literário denominado José Carlos Schwartz e que agora não existe mais.

Para Sila é importante que haja regularmente eventos do gênero para proporcionar aos que escrevem motivos adicionais para tal, produzindo assim mais livros, a fim de desbloquear um dos pontos de estrangulamentos no âmbito da promoção do hábito à leitura.

Abdulai Silá afirmou que os contos literários estão a perder cada vez mais espaço, frisando que há novas oportunidades que surgem que fazem com que haja menos contadores da história e pessoas menos interessadas em ouvi-las.

“Sem leitores não há livros e sem audiências não há contos tradicionais. O conto tradicional tem um peso relevante sobretudo ao nível pessoal e colectivo, também ajuda a moldar a personalidade do cidadão, desde a tenra idade, a apreender o injusto e o justo, do mau e do bom e a emitir juízo de valores a certos acontecimentos de ponto de vista social, “ justificou.

O Presidente do PEN entregou na ocasião três tablets à um grupo de jovens leitores pertencente ao clube de “Amor a Leitura”.

O concurso hoje aberto recebe contos concorrentes até ao 19 de Novembro, e a entrega de prémios está prevista para segunda semana de Dezembro deste ano. O concurso está aberto à todos os interessados excepto aos membros inscritos da PEN-GB

A PEN que na língua inglesa significa (Poets, Essayists, Novelists) foi fundada em Londres em 1921, e é uma associação internacional constituída inicialmente só por escritores, mas atualmente congrega no seu seio jornalistas, editores, tradutores e bloguistas.

Dans la même catégorie