MAP CHAN-Cameroun 2021 : Résultats des matches du mardi 26 janvier ANGOP COVID-19: ANGOLA REGISTA 77 NOVOS CASOS E 61 RECUPERADOS NAS ÚLTIMAS 24 HORAS MAP CHAN des joueurs locaux (3è journée/Groupe C) : Le Maroc bat l’Ouganda (5-2) et passe en quarts de finale MAP Nigeria : Buhari remplace les principaux chefs de l’armée MAP L’accélérateur marocain « La startup Factory » reçoit le Label AFRIC’INNOV APS COVID-19 : A FATICK, LES DOUANES SE MOBILISENT CONTRE TOUT TRAFIC ILLICITE DE DOSES DE VACCINS AIP Côte d’Ivoire-AIP/Les retraités de la CGRAE se forment pour l’amélioration de leurs conditions de vie AIP Côte d’Ivoire – AIP/ Plus de 850 personnes bénéficient du FASI dans la région du Worodougou AIP Côte d’Ivoire – AIP/ 53 personnes recrutées pour les THIMO à Séguéla AIP Côte d’Ivoire – AIP/ Des intrants biologiques à la disposition des agriculteurs de Korhogo

Luta Contra Corrupção/Associação Anti-Corrupção entrega Manifesto à Assembleia Nacional Popular


  9 Décembre      17        Société (27816),

   

Bissau 09 Dez 20 (ANG) – A Associação Guineense Anti-Corupção entregou hoje um manifesto sobre a situação da corrupção no país à Assembleia Nacional Popular (ANP), na qual sugere as medidas que o Estado deve tomar para mudar a situação .

Em declarações à imprensa depois do encontro com o Presidente da ANP e os líderes das bancadas parlamentares, o presidente da referida organização disse que escolheram o hemiciclo primeiro por ser um órgão legislativo representante do povo.

Joel Aló Fernandes disse que depois o documento vai ser entregue à outros órgãos da soberania nomeadamente, o Supremo Tribunal de Justiça, Tribunal de Contas ,Governo e a Presidência da República.

Afirmou que a situação da corrupção na Guiné-Bissau atingiu um nível muito elevado envolvendo todos os sectores sociais por isso o lema da Associação é a “Transparência, Boa Governação e a Democracia”.

“Hoje os jovens não sabem como obter um emprego porque não existe concurso público e as pessoas entram na função pública a calhar. Deve haver transparência quando existir uma vaga para o emprego”,disse Aló Fernandes.

Ao se dirigir aos membros da Associação Guineense Anti-Corrupção, o Presidente da ANP Cipriano Cassama disse que o parlamento não tem só a função de legislar mas também de fiscalizar instituições do Estado ou da República, e que é nesse quadro que tem de aceitar colaborar sobretudo no que tem a ver com a luta contra a corrupção.

“A corrupção tem o seu perigo. Trás o subdesenvolvimento .As portas dessa casa estão à vossa disposição e peço desculpas à Associação por entregar, já há um ano, o documento na ANP mas não tem havido seguimento do mesmo », disse.

Cassamá lembrou que já existem leis sobre a corrupção, acrescentando que, o problema está na aplicação das mesmas, e recomenda aos membros da Associação a continuarem o seu trabalho tendo prometido apoiar para que a mesma possa ter mais visibilidade no país e no exterior.

Dans la même catégorie