GNA More malaria deaths recorded amid Covid-19 pandemic GNA South Tongu MP donates to Dabala Senior High Technical School GNA Zakat Sadaqa Trust Fund awards 25 personalities in Western Region APS RÉHABILITATION ARCHITECTURAL DE SAINT-LOUIS : LE MAIRE ÉVOQUE DES SUCCESSIONS DIFFICILES APS L’UCAD, « FIÈRE » DE SES ANCIENS ÉTUDIANTS DEVENUS PRÉSIDENTS, « EST EN TRAIN DE SE CONSOLIDER » (RECTEUR) APS SÉDHIOU : LE BOUDIÉ MOBILISÉ CONTRE LE COVID-19 GNA Chirano Gold Mine gives Scholarship to 30 tertiary students APS DES MISSIONS LOCALES DE L’EMPLOI ET DE L’ENTREPRENARIAT INSTALLÉES À TAMBACOUNDA APS COVID-19 : LE BILAN QUOTIDIEN FAIT ÉTAT DE 265 NOUVELLES INFECTIONS GNA WHO/FDA registered Antimalarial, Pyramax approved for coronavirus clinical trials

Maio: Fiéis Católicos ansiosos com a entrega da Igreja Matriz de Nossa Senhora da Luz requalificada


  22 Janvier      11        Société (29273),

   

Porto Inglês, 22 Jan (Inforpress) – Os fiéis católicos da ilha do Maio aguardam com ansiedade a entrega da Igreja Matriz de Nossa Senhora da Luz, marcada para 25 de Janeiro, depois de ter recebido obras de requalificação.

Em conversa declarações à Inforpress, o presidente do Conselho Secretariado Paroquial da Família, Jovino Gomes, afiançou que toda a comunidade católica da ilha está aguardar com “grande ansiedade e expectativa” a entrega das obras de requalificação, destacando que “ isso era algo que já almejavam há alguns anos”.

Segundo a mesma fonte, as obras da requalificação da Igreja Matriz iniciaram-se há mais de dez anos, período durante o qual se fez “alguma coisa”, mas devido à “complexidade dos trabalhos”, não puderam alongar muito, até que Instituto do Património, através do Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas, veio retomar e concluir os trabalhos.

“A Igreja estava a se tornar muito pequena para número de cristãos que temos, mas agora, com as intervenções feitas, isso nos satisfaz, embora saibamos que alguma coisa vai ficar por fazer. De todo o modo, veio em uma boa hora, tendo em conta que estamos a viver um quadro de pandemia em que se exige o distanciamento. Seria mais difícil cumprir isso, caso estivesse como dantes”, sublinhou.

Jovino Gomes salientou, por outro lado, que a utilização dos materiais locais foi muito bem pensada, o que na sua opinião vai potencializar para que este edifício venha a ser um atractivo turístico da ilha.

Por sua vez, José da Natividade, tocador do sino daquela Igreja há mais de 40 anos, disse que também está aguardar com certa ansiedade a retoma das suas actividades, visto que já lá vão mais de um ano que a referida infra-estrutura se encontrava em obras, o que lhe impossibilitou de tocar o sino nos diversos horários a que estava habituado.

Aquele fiel sublinhou ainda que está satisfeito com os trabalhos executados durante este período, o que na sua opinião vão trazer mais conforto a todos os fiéis católicos que diariamente ou semanalmente se deslocam àquele local de culto.

WN/JMV

Dans la même catégorie