APS PLUS DE 147 MILLIARDS DE FRANCS CFA ALLOUÉS AU MINISTÈRE DES COLLECTIVITÉS TERRITORIALES EN 2022 AIP Côte d’Ivoire-AIP/ Le COMADE effectue sa rentrée politique AIP Côte d’Ivoire-AIP/Eliminatoire mondial 2023 : Les Eléphants basketteurs dominent les Guinéens (80-69) APS OMICRON : L’OMS RECOMMANDE L’AMÉLIORATION DE LA SURVEILLANCE SANITAIRE APS AÏSSATA TALL SALL SOUHAITE ’’LA POURSUITE ET L’APPROFONDISSEMENT’’ DE LA COOPÉRATION AVEC LA CHINE APS ABDOULAYE DAOUDA DIALLO : ’’LA RESTAURATION DU POSTE DE PREMIER MINISTRE N’AURA PAS D’INCIDENCE MAJEURE SUR LA LFI 2022’’ APS LIGUE 1 : NDIAMBOUR TENUE EN ÉCHEC PAR GORÉE (1-1) APS YOUSSOU NDOUR INVITE LES ETATS AFRICAINS À DAVANTAGE SOUTENIR LEURS AGENCES DE PRESSE PUBLIQUES APS OUVERTURE D’UNE RENCONTRE BILATÉRALE ENTRE LE SÉNÉGAL ET LA CHINE APS DES ARBITRES EN SÉMINAIRE DE RENFORCEMENT DE CAPACITÉS, DÉBUT DÉCEMBRE

Material de diagnóstico permite melhorar qualidade e segurança do procedimento da biopsia da mama, disse Victor Costa


  28 Octobre      28        Santé (12178),

   

Cidade da Praia, 28 Out (Inforpress) – O director clinico do hospital Dr. Agostinho Neto, Victor Costa, considerou terça-feira que o material doado pela Calouste Gulbenkian é de vital importância por facilitar o diagnóstico e melhorar a qualidade e segurança da biopsia da mama.

Victor Costa que falava à imprensa após a cerimónia online de entrega dos materiais, no âmbito do projecto de Melhoria do Diagnóstico e tratamento das Doenças Oncológicas em Cabo Verde, sublinhou que a partir de agora, com Agulhas para Core Biopsia, o hospital vai revolucionar a sua capacidade de diagnóstico e de resposta para situações infra clinica.

“Este material vai permitir melhorar a qualidade e segurança dos procedimentos que até então eram realizados em regime de ambulatório com anestesia local, ao contrário da biópsia excisional, um método mais invasivo”, acrescentou.

Ainda segundo o director clinico do HAN, o material recebido vai permitir classificar os tumores, identificar a existência de vasões vasculares e detectar e estudar os receptores hormonais, além de permitir a escolha de um tratamento mais adequado e mais individualizado para o paciente.

Aquele cirurgião explicou ainda que o material ofertado vai ser mais económico, pois, no bloco operatório se gastava muito mais para fazer uma biópsia.

Além deste equipamento, avançou que o hospital da Praia vai receber, até Dezembro, um outro instrumento da Fundação Calouste Gulbenkian denominado arpões para o diagnóstico do tumor da mama.

A directora do programa da Calouste Gulbenkian Parceiros para o Desenvolvimento, Hermínia Cabral, que participou no evento de forma online, afirmou que no âmbito do projecto está em curso apoios para a realização de estágios de formação de profissionais de Saúde de Cabo Verde em Portugal e de profissionais formados em Cabo Verde por profissionais de saúde portugueses.

“A Fundação e Cabo Verde têm uma parceria de longa data e em vários sectores, que foi reforçada com este protocolo que vai melhorar significativamente a capacidade de diagnóstico e tratamento de doenças oncológicas”, disse.

Hermínia Cabral anunciou também a chegada a Cabo Verde, no mês de Dezembro, de um ecógrafo portátil e equipamentos clínicos para biopsia do cancro da próstata, assim como consumíveis para a realização das biopsias.

Consta do material ofertado ao hospital Agostinho Neto, equipamentos e consumíveis que vão permitir a realização de até 300 biopsias mamárias por agulha grossa Core Biopsy.

Em Cabo Verde o cancro mata por ano uma média de 300 pessoas, representando a segunda causa de morte e de deslocação de doentes no país.

Dans la même catégorie