AIP Côte d’Ivoire-AIP/ Campagne Anacarde : les producteurs sensibilisés sur le système de récépissé de l’ARRE AIP Côte d’Ivoire/ « Assohou Bâtiment et Industrie » vainqueur des opens de natation du Leboutou APS THIÈS : LE CONSEIL DÉPARTEMENTAL PRÉPARE UN ’’DEUXIÈME ASSAUT’’ CONTRE LE COVID-19 (VICE-PRÉSIDENT) GNA Primary Care Provider Network initiative launched in Hohoe GNA Farmer jailed 20 years for robbery GNA NALAG congratulates Dan Botwe and other ministers-designate GNA Architect launches book in honour of J.J Rawlings GNA Amewu’s expertise will enhance railways development- VDF GNA Bring Rawlings body home – Awadada petitioned AIP Point de la situation de la COVID-19 au 23/01/2021

Ministro da Cultura considera Roteiro Nacional da Tabanca “passo fundamental” para a sua preservação


  9 Décembre      17        Arts & Cultures (1401),

   

Assomada, 09 Dez (Inforpress) – O ministro da Cultura considerou hoje que a plataforma virtual do Roteiro Nacional da Tabanca, apresentada hoje, é “um passo fundamental” para a preservação desta manifestação cultural com forte enfoque nas ilhas de Santiago e do Maio.
Abraão Vicente falava à imprensa, à margem da apresentação da plataforma virtual do Roteiro Nacional da Tabanca, que decorreu no Museu da Tabanca, em Chã de Tanque, Santa Catarina (Santiago), e que contou com a presença do presidente da câmara, José Alves Fernandes, e da directora do Património Imaterial, Sandra Mascarenhas, que fez a apresentação do projecto.
“A plataforma virtual do Roteiro Nacional da Tabanca é um passo importante para a preservação da Tabanca a nível nacional, para a criação do conhecimento de qualidade para quem quiser investigar, trabalhar, conhecer e estar com a Tabanca”, este é um passo fundamental”, sustentou.
É que, conforme lembrou, em 2016, havia um museu dedicado a este género musical, mas que na altura as pessoas mais importantes da Tabanca estavam “cada um por seu lado”, daí a razão que o leva a afirmar que este projecto, ora apresentado, vai unir os fazedores da Tabanca e dá-la a conhecer aos que se interessam por ela.
Aliás, o também titular da pasta das Indústrias Criativas informou que este projecto é o início de um processo profundo da Tabanca e da pedagogia para a sociedade cabo-verdiana, tendo avançado que numa segunda fase vai ser feita a tradução total do roteiro e colocá-lo à disposição de quem quiser usá-lo.
Assim como os operadores turísticos têm feito roteiro de património religiosos, a mesma fonte instou-os a fazerem também um roteiro da Tabanca, onde vão preparar as pessoas dessas duas ilhas para que elas possam receber os turistas nacionais e internacionais em suas casas.
“Portanto, [a plataforma virtual do Roteiro Nacional da Tabanca] é um passo extraordinário para que os cabo-verdianos possam conhecer melhor a Tabanca e para prepara-la para os passos do futuro como um dos folclores cabo-verdianos que provavelmente tem maior pujança, apesar de estar somente nas ilhas de Santiago e do Maio”, concretizou.
Não obstante, a Tabanca ter “forte enfoque” apenas nas ilhas de Santiago e Maio, disse acreditar que a mesma tem potencial enorme para valorizar o território nacional, e neste particular para o marketing de Santa Catarina.

Dans la même catégorie