MAP L’ambassadeur Hilale saisit le SG de l’ONU et le CS sur les violations des droits de l’Homme dans les camps de Tindouf MAP Conférence de l’Institut américain «Brookings»: M. Bourita met en avant les réformes audacieuses du Maroc sous l’impulsion de SM le Roi MAP L’initiative noble de SM le Roi d’aider les pays africains en temps de pandémie, un modèle de solidarité intra-africaine (ministre kényane des AE) MAP Jusqu’à 500 millions de DH pour l’aménagement de Harhoura, une destination touristique prisée MAP Hilale démystifie auprès du SG de l’ONU et du CS la campagne hystérique de l’Algérie et du « polisario » sur la situation au Sahara MAP M. Amara plaide pour une mise en œuvre optimale du chantier de l’éducation routière MAP Rencontre à Oujda sur le droit d’accès à l’information APS LE GOUVERNEMENT INVITÉ À HÂTER LA CONCRÉTISATION D’UN PROJET DE POLYCLINIQUE DE DERNIÈRE GÉNÉRATION APS MACKY SALL VA SE FAIRE VACCINER, JEUDI (MÉDIA) APS VACCINATION : MACKY SALL PRÔNE UN ’’PLAIDOYER SOUTENU’’ ET UNE ’’MOBILISATION COMMUNAUTAIRE’’

Ministro do turismo defende capacitação de profissionais do sector para “novo normal” pós-pandemia


  5 Février      14        Economie (11165),

   

Cidade da Praia, 05 Fev (Inforpress) – O ministro do Turismo e dos Transportes, Carlos Santos, defendeu quinta-feira, na Cidade da Praia, a necessidade de capacitar os profissionais do turismo para o “novo normal” pós-pandemia da covid-19.
O governante manifestou esta posição em declarações à Inforpress momentos após à cerimónia de entrega de certificados aos formandos de um curso de guias de Turismo da ilha de Santiago, uma sessão de capacitação promovida pelo Governo em parceria com o PNUD e com a União Europeia.
A referida formação, explicou Carlos Santos, está integrada numa estratégia de capacitar os profissionais do turismo para o “novo normal” que o País irá viver nos próximos tempos.
“Nós definimos, no âmbito daquilo que é o pacote de respostas aos efeitos da pandemia do turismo e da economia, em primeiro lugar, capacitar as pessoas para este novo normal, em segundo lugar procurar associar a essa capacitação a uma bolsa de formação a cada formando, procurando responder um pouco daquilo que é a perda de rendimentos que estes profissionais tiveram, designadamente, os taxistas, os guias de turismo e os profissionais da hotelaria, procurando responder de uma forma activa e proactiva e nós termos, num breve trecho, gente preparada para uma nova fase do turismo”, completou.
O ministro do Turismo e dos Transportes acrescentou ainda que não se esqueceu das questões sanitárias, uma vez que houve a preocupação de, juntamente com o Ministério da Saúde, de preparar, principalmente nas ilhas mais turísticas, condições para receber os turistas em segurança.
“Por isso é que foram implantados na ilha do Sal e da Boa Vista centros de tratamento covid-19, laboratórios de despiste da covid-19, nas principais ilhas, e um conjunto de procedimentos, regras e protocolos de segurança sanitária nos principais actores que lidam com o turismo, designadamente, os restaurantes, hotéis, pubs e aeroportos, para garantir segurança àqueles que nos procuram, mas também segurança e protecção dos nossos trabalhadores e às suas famílias”, frisou.
Quem também falou à Inforpress foi o representante do PNUD em Cabo Verde, Steven Anthony Ursino, que afirmou que o sector do turismo é muito importante para a intervenção daquela organização. Nas suas declarações, aquele responsável ressaltou o impacto que a pandemia tem tido sobre o turismo.
Sobre a cerimónia de entrega dos certificados, Steven Anthony Ursino afirmou que simboliza a necessidade da realização de treinamentos importantes e necessários para melhorar a qualidade das pessoas que actuam no sector.
O representante do PNUD sublinhou ainda a vontade do Governo em querer fazer melhor e manifestou o desejo de continuar a ser parceiro em iniciativas que buscam estratégias e actividades necessárias para, efectivamente, relançar a economia num contestam pós-pandemia.

Dans la même catégorie