ANP Le Niger se dote d’une Politique nationale en science, technologie et innovation ANP Création au Niger d’une Agence de Promotion du Tourisme ANP Covid-19 : Prorogation pour trois mois de l’état d’urgence sanitaire au Niger ANP Niger : Révision du plan de campagne agropastorale 2020 et du programme de cultures irriguées 2020-2021 ANP « Les droits des femmes face à la propagation de la covid-19 » au cœur de la Journée Mondiale de la Population AIP NSOA: 275 élèves officiers et sous-officiers des Douanes présentés au drapeau AIP COVID-19 : La Côte d’Ivoire franchit la barre des 12.000 cas confirmés GNA Voters Registration: Over three million registration recorded so far GNA Be professional not partisan – Police told GNA KMA to set up two sanitation courts

MORABI promove espectáculo musical para celebrar Dia da Mulher Africana


  26 Juillet      20        Musique (201),

   

Cidade da Praia, 26 Jul (Inforpress) – A Associação Cabo-verdiana de Autopromoção da Mulher (MORABI) em parceria com a R7Eventos realiza no próximo dia 31 de Julho, na capital cabo-verdiana, uma noite cultural com actuação de vários artistas nacionais para celebra o dia da Mulher Africana.
Em declarações à Inforpress, a coordenadora da MORABI- região norte, Fátima Santos, destacou a importância da celebração da efeméride, adiantando que se trata de uma iniciativa, de cariz social, em que parte da receita arrecadada será destinada às beneficiárias do programa de Saúde Sexual e Reprodutiva.
“Para assinalar a data em Cabo Verde, a MORABI propõe levar a cabo uma actividade cultural, no próximo dia 31 de Julho, pelas 21:OO, na Assembleia Nacional com a presença de artistas nacionais homenageando a mulher Africana e, em particular, a mulher cabo-verdiana, com uma noite de espectáculo em que as nossas belíssimas vozes femininas e masculinas da nossa música e cultura abrilhantarão o evento”, indicou, salientando o contributo da Mulher Africana no desenvolvimento do continente africano.
Fazendo uma abordagem sobre a situação da Mulher Africana, lamentou que apesar de algumas conquistas que a mulher africana tem alcançado no que se refere à sua independência económica o panorama continua “trágico”.

Dans la même catégorie