MAP Il y a 45 ans, le dernier soldat étranger quitta les provinces du Sud AIP Côte d’Ivoire-AIP/ L’UNESCO et le ministère de l’Education nationale lancent un projet de renforcement des capacités à distance AIP Côte d’Ivoire-AIP/ Le procureur de la République félicite la Gendarmerie pour une importante saisie de drogue GNA Investment in Western Region will forestall insurgencies-Okyere-Darko GNA ARHR calls on government to improve PHC systems GNA Family planning is not sinful-Alhaji Iddi GNA COVID-19 Vaccine; let’s trust the government AIP Côte d’Ivoire-AIP/ Législatives 2021: Le candidat RHDP à Katiola lance sa campagne à Fronan AIP Côte d’Ivoire-AIP/ Une société coopérative offre une pompe à motricité humaine à Niamayo AIP Côte d’Ivoire-AIP/ Le COGES du Collège moderne de Gbéléban dresse son bilan 2020

Música: Elida Almeida recorre a uma ‘live’ para apresentar “GerasoNobu”


  27 Janvier      23        Musique (263), Photos (4286),

   

Cidade da Praia, 27 Jan (Inforpress)- A artista cabo-verdiana, residente em Portugal, Elida Almeida, apresenta seu novo álbum “GerasoNobu”, no dia 29, através de uma ‘live’ no Facebook a qual designa de “Longe do palco, perto do público”.
O terceiro álbum da cantora natural de Matinho, no município de Santa Cruz, foi lançado no em Novembro de 2020, e a ideia era apresentá-lo no mesmo ano.
Mas, devido às medidas em vigor no mundo para conter a propagação do vírus da covid-19, Elida Almeida teve apenas a oportunidade de fazer um ‘show’ de lançamento ao vivo no Luxemburgo, no passado dia 15 de Outubro do ano anterior.
Entretanto, a apresentação oficial do seu último trabalho, já gravado, será exibida nesta sexta-feira, 29, através de uma ‘live’ no Facebook, às 18:00 de Cabo Verde.
“Gravado no caloroso espaço “A Casinha”, onde se respira a magia da mítica banda Xutos e Pontapés, o concerto traz de volta a energia contagiante de Elida Almeida. Sempre acompanhada por brilhantes músicos e por uma talentosa equipa de som, iluminação e imagem”, lê-se na nota de imprensa da produtora Harmonia.
Gravado sem público presente, este concerto, segundo a mesma fonte, é um “abraço de saudade” de Elida Almeida.
Elida Almeida apresenta o sucessor de “Kebrada” como um trabalho “amplo”, que faz uma viagem à sua infância em Matinho, localidade do concelho de Santa Cruz, e, de seguida, faz um resumo da sua caminhada na adolescência até os dias de hoje, tudo isso através das 13 faixas musicais.

Dans la même catégorie