MAP Eliminatoires Mondial Costa Rica (Dames/U20): le match Bénin-Maroc interrompu en raison des intempéries ANP Présidentielle de février 2021 au Niger : Mahamane Ousmane réclame toujours la victoire. GNA Shai-Osudoku Assembly inaugurates classroom project AIP L’UDPCI planche sur son avenir et la situation sociopolitique nationale AIP Emmanuel Ahoutou prend fonction à la tête du Comité de privatisation AIP Le Trésor booste sa stratégie de mobilisation des recettes non fiscales AGP Guinée/Santé : Les regroupements et manifestations de masse autorisés à partir du lundi 27 septembre 2021 (ANSS) AGP Mamou-Coopération: Les nouvelles autorités de Mamou et celles de Kabala, ouvrent officiellement la frontière Guinéo-Sierra Leonaise AGP Guinée : La sage-femme Marie Condé revient sur les grandes lignes de la concertation de l’ONSFMG avec le CNRD GNA MTN donates GHC 100,000.00 to Otumfuo Education Fund

Músicos santantonenses Ary Kueka e Titita apresentam “Sampadiu” e “Grito di bo Fi” na Praia


  23 Juillet      22        Arts & Cultures (1749),

   

Cidade da Praia, 23 Jul (Inforpress) – Os músicos Ary Kueka e Titita apresentam quinta-feira, na Praia, o álbum “Sampadiu” e o EP “Grito di bo Fi”, com tons e sons típicos da ilha de Santo Antão e inovações acrescidas.
Conforme explicou Ary Kueka, “Sampadiu”, que dá nome a um dos singles, é uma mistura da linguagem, estilo e ritmo como tabanca, morna e funaná de todas as ilhas, afirmando que a mensagem do álbum é de realçar que não há diferença entre sampadjudo e badio.
O álbum, que conta com 12 faixas, duas das quais são inéditas, retrata toda a sua experiência e vivência sentida nas ilhas do arquipélago, tendo considerado Orlando Pantera uma das suas referências musicais.
Após estar vários anos focado em compor músicas que foram interpretadas por artistas cabo-verdianos de renome, surge agora, realçou, a oportunidade da gravação do disco, que tem sido bem aceite pelo público, segundo revelou.
Ary Kueka conta que o álbum é a representação de um sonho realizado, pelo que espera que o mesmo tenha o seu espaço no mercado musical e que a mensagem seja transmitida e compreendida, abrindo assim outras portas.
O álbum conta com a participação de vários artistas e as suas composições nascem de diferentes momentos e experiências de vida, mostrando-se optimista que o show agendado na Praia será um sucesso.
Já o artista Titita, que tem agendado a apresentação do seu EP “Grito di bo Fi” na Praia, também esta sexta-feira no Auditório Nacional, explicou que o seu trabalho retrata a vivência de um crioulo e manifestação de coisas positivas da vida transformada em música.
O EP, prosseguiu, tem seis faixas musicais e conta com a participação de vários artistas, e espera que seja igualmente bem aceite pelos amantes da música na capital.

Dans la même catégorie