GNA LiPF engages 50,000 sub holder farmers in two years GNA Covid-19 vaccine doesn’t cause infertility GNA Osei-Owusu refutes Minority’s claim of rejecting three nominees AGP N’Zérékoré/société : Le corps d’un homme lynché découvert au quartier Horoya AGP Kankan/société: Décès de l’Evêque du diocèse de Kankan des suites de covid-19 AGP Dubréka/Société: Calvaire des usagers de la route Dubréka-Falessadé AGP Guinée/Société: Pas de mobilisation à l’occasion de la journée internationale de la femme AGP Guinée/transport: Vers la numérisation de la délivrance des documents de transport APS RIPOSTE CONTRE LE COVID-19 : DES DÉBUTS DIFFICILES, AVEC ‘’UN MANQUE CRIANT DE MOYENS’’ APS FIÈVRE JAUNE : LE DISTRICT SANITAIRE DE TAMBACOUNDA A VACCINÉ 94 % DE SA CIBLE

Novo embaixador de Portugal prioriza saúde na cooperação com São-Tomé e Príncipe


  18 Février      12        Politique (15480), Santé (9507), Société (29402),

   

São-Tomé, 18 Fev. 2021 ( STP-Press ) – O novo embaixador de Portugal junto do Estado são-tomense, Rui Fernando do Carmo apontou quarta-feira a saúde como área prioritária para o reforço da cooperação entre os dois Países, sublinhado que retoma normal de concessão de visto de entrada para são-tomense só “quando a pandemia Covid-19 estiver mais controlada”.

O novo diplomata luso fez estas declarações momento depois de ter sido acreditado pelo presidente são-tomense, Evaristo Carvalho como embaixador extraordinário e plenipotenciário da República Portuguesa em São-Tomé e Príncipe

Em declarações a imprensa, o embaixador Rui Fernando do Carmo disse que “avaliaremos oportunamente quais são as áreas em que podemos reforçar a cooperação que tem vindo a ser estabelecida e, obviamente que numa situação de pandemia, todos pensamos que a área da saúde será aquela que chamará a nossa atenção”, sublinhando que “mas, Portugal não deixará de apoiar São Tomé e Príncipe”.

Questionado sobre concessão de visto aos são-tomenses para entrada em Portugal, embaixador Rui do Carmo disse que “ neste momento não podemos fazer nenhuma previsão da retoma normal de concessão de vistos em função das restrições em todos os países”, tendo sublinhado que “ julgamos que quando a pandemia estiver mais controlada … daí poderemos pensar em retomar…”

São Tomé e Príncipe e Portugal dispõem de um Programa Estratégico de Cooperação assinado em 2016 estimado em cerca de 57 milhões de euros, dos quais, calcula-se que quase metade esteja já executado.

Neste momento, Portugal tem no mar são-tomense, um navio patrulha, Zaire da marinha lusa com elementos da força de guarnição formada pelos portugueses e são-tomenses em serviço capacitação da marinha local bem como fiscalização, controlo e defesa da zona económica exclusiva são-tomense no Golfo da Guiné.

Além do sector da defesa e segurança, Portugal coopera ainda com São Tomé e Príncipe na educação, formação, cultura, assuntos sociais, justiça entre outras áreas.

A semelhança do embaixador de Portugal, o Presidente são-tomense acreditou ainda, na quarta-feira, o novo diplomata da Líbia, Sahaladdin Yossef e da Indonésia, Usra Harahap.

Dans la même catégorie