ANP Le Ministre burkinabé des Mines et des Carrières reçu par le Président Issoufou ANP Le Président Issoufou reçoit le Secrétaire Exécutif du Comité Interparlementaire du G5 Sahel ANP Diffa N’Glaa : 60 milliards de F CFA d’investissements dans les infrastructures ACI CONGO : QUINZE FEMMES VULNÉRABLES FORMÉES SUR DES MÉTIERS GÉNÉRATEURS DE REVENUS GNA Bawumia commissions Education Staff Development Institute at Saltpond GNA Chief of Staff inaugurates water projects in Tano North Municipality GNA PPAG ends GUSO project MAP Le leadership régional du Royaume en matière de lutte contre le changement climatique salué par un responsable nigérien MAP Les Etats-Unis réaffirment que l’initiative marocaine d’autonomie au Sahara est « sérieuse, crédible et réaliste » GNA Retail campaign serving us well-Asokwa NPP Secretary

Novos investimentos poderão beneficiar de bonificação de até 100% durante a crise pandémica – responsável


  1 Octobre      9        Finance (492),

   

Cidade Praia,01 Out (Inforpress) – O presidente da Pró-Empresa, Pedro Barros, disse que durante o período de crise por causa da pandemia da covid-19, os novos investimentos também beneficiarão de bonificação que poderá ir até os 100 por cento (%).
Pedro Barros fez esta revelação durante uma conferência de imprensa, esta quarta-feira na Cidade da Praia, para anunciar o que as entidades têm feito para apoiar as vendedeiras para recomeçar as suas actividades.
Afirmou que a grande novidade é que, para além da garantia, que é assegurada quer através do Estado, ou através da Pró-Garante, também, excepcionalmente, durante esta fase de crise da pandemia, os novos investimentos também beneficiarão da bonificação de juros, poderá ir até 100%.
“De 50 a 100% depende do quê, dependendo, sobretudo, do número de postos de trabalho que são criados e de outras condições, ou seja, depende das características do projecto em si, para todas as empresas”, acrescentou o presidente da Pró-Empresa.
Para a retoma económica, afirmou Pedro Barro que, estando o País em situações excepcionais, o que significa também medidas excepcionais.
“Até agora há financiamento para todo o tipo de projecto e para todas as áreas, independentemente da dimensão do projecto, financiamento que está disponibilizado através dos vários protocolos, dos vários entendimentos obtidos com a banca”, referiu.
Este responsável informou ainda que houve um aumento de formalização de actividades, que já vinha desde antes da crise, e um aumento de inscrição da previdência social.
“A formalização nesses últimos tempos tem acontecido, pelo atendimento que nós fazemos de empresa REMPE (Regime Especial das Micro e Pequenas Empresas), por exemplo, nunca tinha acontecido nada parecido, são centenas de certificação”.
Tudo isto significa, disse, que pequenos negócios já estão sendo formalizados e já estão a aderir ao regime especial das pequenas empresas.
“Temos todas as indicações de que, efectivamente, tem havido um aumento de formalização”, assegurou o presidente do Instituto de Apoio e Promoção Empresarial (Pró-Empresa).

Dans la même catégorie