AIP Six morts dans un éboulement sur un site d’orpaillage près de Loho à Niakara AIP Psgouv 2020: plus de 200 pompes à motricité humaine réparées ou remplacées dans le N’zi AIP Le maire de Samatiguila reconnaissant à sa population pour la victoire de Ouattara MAP Nigeria : Au moins 110 civils tués dans une attaque terroriste MAP Football : Décès de l’ancien international sénégalais Bouba Diop à l’âge de 42 ans APS FOOTBALL : LA GAMBIE REMPORTE LE TOURNOI DE LA ZONE OUEST A DE L’UFOA APS DES ÉLÈVES DE SAINT-LOUIS SENSIBILISÉS SUR LES VIOLENCES BASÉES SUR LE GENRE ANP Maradi : le Chef de l’Etat lance les travaux d’aménagement et de bitumage de la route Mayahi-Tessaoua-frontière du Nigéria GNA NCCE urges political activists to eschew violence ahead of elections GNA CSOs urged to build stronger partnership to champion agro-ecology

“ONU vai continuar a acompanhar a Guiné-Bissau mesmo com encerramento do UNIOGBIS no país”, diz Rosine Coulibali


  6 Novembre      10        Diplomatie (856), Politique (13115),

   

Bissau, 06 nov 20 (ANG) – A Chefe do Gabinete Integrado das Nações Unidas para Consolidação da Paz no país (UNIOGBS), Rosine Coulibali afirmou que as Nações Unidas vão continuar a acompanhar a Guiné-Bissau mesmo com o encerramento do seu Gabinete.

Colubali que falava à imprensa esta sexta-feira após um encontro com Presidente da República Umaro Sissoco Embaló, disse  que transmitiu ao Umaro Sissoco Embaló as resoluções do Conselho de Segurança da ONU sobre o fim da missão do UNIOGBIS no país, previsto para o final do ano em curso e que será assinalado com uma cerimónia de encerramento na sede da organização.

A representante especial do SG da ONU na Guiné-Bissau Aquela responsável informou que o Presidente da República prometeu presidir a cerimónia do encerramento caso o calendário lhe permitir.

Rosine Coulibali disse ainda que a ocasião  serviu para os dois passarem em revista a situação política do país,  os avanços e o que está a ser feito para que a paz seja consolidada.

O Presidente da República recebeu igualmente em audiência a Plataforma Política das Mulheres da Guiné-Bissau.

À saída  do encontro a Primeira Vice-presidente da referida organização, Aissatu Camará Injai disse que  informaram ao Umaro Sissoco Embaló de um encontro do Fórum das Mulheres da Guiné-Bissau, Casamança e Gâmbia que terá lugar no dia 21 de setembro do próximo ano , Dia de Paz.

Segundo Aissato Injai, o referido Fórum foi criado pelas mulheres para promover a Paz nas referidas localidades, e conta com apoio das primeiras damas da Guiné-Bissau, Gâmbia e Senegal na qualidade de madrinhas da organização.

Aissatu Injai disse que Sissoco Embaló prometeu tudo fazer para que o evento tenha lugar na data prevista .

Dans la même catégorie