LINA Seven Nimba Administrative Districts Get SCIDA-Liberia COVID-19, SGBV Prevention Training LINA Liberian Police Restores Calm At Guinean Embassy Near Monrovia LINA ‘Gov’t Not In The Business Of Taking People’s Lives’ – Information Minister Inforpress Le ministère de l’Éducation lance des projets «importants» pour les jeunes et les femmes à Praia Inforpress President of INE recognises the need for in-depth reflection on the process of production and dissemination of official statistics AIP Côte d’Ivoire – AIP /Le candidat KKB veut faire la promotion de la méritocratie AIP Côte d’Ivoire-AIP/Le commandant supérieur de la gendarmerie appelle à la retenue et au calme à Dabou AIP Côte d’Ivoire-AIP/ Une consultation bucco-dentaire gratuite en faveur des enfants d’Oumé Infopress Les prix des produits importés ont diminué de 0,9% en septembre Inforpress L’UE est déterminée à poursuivre ses partenariats avec le Cabo Verde pour faire face aux effets de la pandémie de Covid-19

PM diz que consequências dos “maus comportamentos” da covid-19 afectam a saúde e tornam o país mais pobre


  7 Octobre      12        Santé (7761),

   

Cidade da Praia, 07 Out (Inforpress) – O primeiro-ministro apelou a um “elevado sentido de responsabilidade” no cumprimento das normas sanitárias, realçando que as consequências dos maus comportamentos da covid-19 afectam a saúde e tornam o país mais pobre se o controlo não for efectivo.
Ulisses Correia e Silva fez estas declarações terça-feira durante o acto de tomada de posse dos membros do Conselho da Administração do Hospital Agostinho Neto, realizada hoje na cidade da Praia.
Para o chefe do Executivo, a segurança sanitária e da saúde está centro das prioridades em termos de investimentos, mas frisou que é preciso que a sociedade cabo-verdiana invista na sua saúde através de comportamentos “saudáveis e responsáveis”, contribuindo assim no combate à pandemia do novo coronavírus.
“Temos que baixar o nível de transmissão de coronavírus, principalmente aqui na cidade da Praia, vamos continuar com as acções de fiscalização. Uma lei do uso obrigatório de máscaras está no Parlamento e deverá ser aprovada este mês e vamos continuar a fazer o desconfinamento de uma forma gradual, mas segura”, afirmou, considerando que, mais do que nunca, este é o momento de assumpção de “ grande responsabilidade e não o momento de brincar com o vírus”.
Ulisses Correia e Silva destacou a importância do contributo de cada cidadão nesta batalha, realçando, no entanto, que as implicações e consequências dos maus comportamentos da covid-19 afectam a saúde, a economia, o emprego e o rendimento das pessoas e que o país se torna pobre, caso o controlo não for efectivo.
“Não podemos querer voltar à vida normal, ir às praias, aos ginásios, bares, discotecas, espectáculos e jogos de futebol e ao mesmo tempo agir no sentido contrário, não cumprindo as regras, desprezando e minimizando os riscos, infectando e contagiando os outros”, criticou.
Defendeu ainda ser fundamental que os comportamentos de todos os cabo-verdianos estejam à altura das exigências para a retoma a vida normal, enaltecendo, por outro lado, o papel desempenhado por todos os actores da sociedade civil, com destaque para os profissionais da saúde na luta contra a pandemia do novo coronavírus em Cabo Verde.
Cabo Verde registou nas últimas 24 horas mais três óbitos por causa do novo coronavírus e mais 73 casos positivos.
Com as actualizações desta segunda-feira, o País passa a contabilizar 839 infecções activas, 5524 recuperados, 68 óbitos e 2 transferidos, perfazendo um total acumulado de 6443 casos positivos.
A pandemia de covid-19 já provocou mais de um milhão e trinta mil mortos e mais de 35,2 milhões de casos de infecção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Dans la même catégorie