APS MOUSSA BALDÉ : ’’LE MAER TABLE SUR 4 MILLIONS DE TONNES DE CÉRÉALES L’ANNÉE PROCHAINE’’ APS SIGNATURE DE PROTOCOLES D’ACCORD POUR RENFORCER LA COOPÉRATION GNA Christians advised not to be complacent about Covid-19 MAP Egypte: des nouveaux « trésors » archéologiques dévoilés au public GNA GES Director assure parents of children safety in school GNA La Pleasure Beach priorities safety protocols as revelers visit GNA FDA destroys unwholesome goods in Cape Coast GNA Total disregard for Covid-19 Safety Protocols at various Markets GNA Ghanaian Ahmadis to benefit from new terrestrial TV Channel GNA Noguchi Memorial Institute investigates alleged falsification of COVID-19 test results

Porto Novo: Operadores esperam em 2021 a resolução dos problemas que afectam as pescas neste município


  9 Décembre      8        Développement durable (322),

   

Porto Novo, 09 Dez (Inforpress) – Os operadores de pesca no Porto Novo, Santo Antão, esperam que o ano de 2021 seja marcado pela resolução dos constrangimentos que afligem este sector neste município, entre os quais a falta de um mercado de peixe.
Além da falta de um mercado de peixe, espaço revivificado, sobretudo, pelas peixeiras, que têm vindo a exercer a sua actividade nas ruas, os operadores de pesca reclamam a construção de um cais de pesca na cidade do Porto Novo e no Tarrafal de Monte Trigo.
O representante dos pescadores do Tarrafal de Monte Trigo, Isaías Pires, considera que a falta de infra-estruturas de apoio à actividade pesqueira constitui o maior problema do sector das pescas neste concelho, defendendo a construção de “um pequeno cais” nessa comunidade.
Na cidade do Porto Novo, o presidente da Associação dos Pescadores da Cidade do Porto Novo, Atlermiro Neves, tem vindo a defender a construção de um cais de pesca e do mercado de peixe, projectos que já fazem parte dos planos de investimentos do Governo e da câmara municipal.
No caso do mercado de peixe, a edilidade porto-novense, segundo o presidente da câmara, Aníbal Fonseca, decidiu canalizar as verbas no quadro do Fundo de Descentralização, à volta de 15 mil contos, para a construção desta infra-estrutura, projecto que vai contar ainda com o apoio do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).
O ministro da Economia Marítima já anunciou a construção de um complexo de pescas no Porto Novo, cujos estudos devem ficar concluídos agora em Dezembro.

Dans la même catégorie