APS THIÈS : 300 MAISONS DÉMOLIES À MBOUR 4 EXTENSION PAR LA DSCOS APS DOCTEUR SALL DE L’INSTITUT PASTEUR : « PAS ENCORE D’INFORMATION SUR LA PRÉSENCE DE NOUVEAUX VARIANTS DU COVID’’ APS COVID-19 : LES AUTORITÉS INVITÉES À VEILLER À « UNE APPLICATION RIGOUREUSE DES MESURES PRÉVENTIVES » APS GESTION DE L’ÉPARGNE : DES CDC OUEST AFRICAINES DONT CELLE DU SÉNÉGAL À L’ÉCOLE DE LA BAD APS ZLECAF : LES ENTREPRISES LES MIEUX PRÉPARÉES VONT TIRER LEUR ÉPINGLE DU JEU (SPÉCIALISTE) ANGOP COVID-19: ANGOLA REGISTA 32 NOVOS CASOS E 17 RECUPERADOS GNA Protect Children from contracting COVID-19- DCE GNA Court remands businessman for defrauding by false pretenses GNA ‘Amewu’s magic’ will be replicated in Akatsi North next election – DCE GNA Applicant has not shown exceptional circumstance for review application of interogatories- EC

Porto Novo: Projecto de rega gota a gota em Jorge Luís revolucionou agricultura nesse vale – associação


  28 Décembre      13        Société (27691),

   

Porto Novo, 28 Dez (Inforpress) – O projecto de instalação de rega gota a gota em Jorge Luís, Porto Novo, Santo Antão, que contemplou mais de três dezenas de agricultores, acabou por “revolucionar e inovar” a agricultura nesse vale, garante a associação de classe.

A Associação dos Agricultores de Jorge Luís, através de uma nota, a que a Inforpress teve acesso, explica que o projecto, que possibilitou o equipamento com o sistema de micro-irrigação, das parcelas agrícolas nessa localidade, teve como resultado a maximização da água para rega e sua utilização de forma eficiente, contribuindo, assim, para “inovar a prática agrícola” local.

Tratou-se de um projecto financiado pelo Ministério da Agricultura e Ambiente (MAA) que beneficiou 33 agricultores, segundo a associação, que destaca o impacto que o mesmo teve nessa localidade, com a rentabilização da água para rega e com o aumento da área irrigada e da produção agrícola.

Enquanto isso, os lavradores locais dizem-se expectantes quanto ao início do projecto de ordenamento da bacia hidrográfica Jorge Luís/Ribeira da Cruz que, numa fase inicial, prevê intervenções na sub-bacia de Miguel Pires, em Jorge Luís, segundo o delegado do MAA no Porto Novo, Joel Barros.

A reabilitação de cinco reservatórios, a recuperação de um furo e construção de cinco quilómetros de rede de adução são as acções previstas em Miguel Pires, no quadro do projecto de ordenamento da bacia hidrográfica de Jorge Luís/Ribeira da Cruz.

JM/DR

Dans la même catégorie