AIP Le personnel nouvellement affecté au Lycée de Bonon célébré AIP Législatives 2021: Kafana Koné invite Yopougon à soutenir la liste RHDP AIP La vaccination contre le Covid-19 est gratuite et volontaire (Ministre) ACP Confection du chronogramme des activités de la JIF 2021 dans le Kwilu ACP Campagne de sensibilisation contre le mariage précoce dans la commune de Bipemba ACP Les parents d’élèves appelés à une étroite collaboration avec l’école pour lutter contre la Covid-19 ACP Plaidoyer pour la sécurisation des écoles en RDC ACP La ministre du genre accompagne le mouvement « Inatosha » pour la lutte contre les VBSG à l’Est de la RDC ACP Les habitants de Goma supportent mal les mesures prises pour l’urbanisation de la ville ACP Le SYNECAT promet de poursuivre les négociations sur les revendications des enseignants

Porto Novo/Tarrafal de Monte Trigo: Mar revolto invade casas e coloca em perigo as famílias


  3 Février      11        Environnement/Eaux/Forêts (2561),

   

Porto Novo, 03 Fev (Inforpress) – O mar revolto que se faz sentir há três dias no Tarrafal de Monte Trigo, Porto Novo, Santo Antão, está a invadir as habitações e a colocar em perigo as famílias que vivem na zona de Praia.
O representante das autoridades marítimas no Tarrafal de Monte Trigo, Simão Évora, confirmou à Inforpress que a situação é de pânico no seio das famílias, cujas casas estão a ser invadidas pelo mar bravo, colocando em perigo a vida dessas pessoas.
Para suster a fúria do mar, os moradores estão a montar barreiras com sacos de areia, mas, mesmo assim, o mar não tem poupado as habitações na baía do Tarrafal de Monte Trigo, zona de Praia.
“Estão a correr sérios riscos”, avançou este responsável, adiantado que uma idosa, cuja residência foi afectada, teve que ser socorrida.
O presidente da Associação dos Pescadores do Tarrafal de Monte Trigo, Isaías Pires, informou que “há muito tempo” não se via “o mar do Tarrafal tão furioso”.
“Está a colocar em perigo as casas e a paralisar por completo a actividade pesqueira na localidade”, precisou a mesma fonte.
O mar revolto está também a condicionar a circulação rodoviária na localidade, provocando danos na estrada de acesso à baía do Tarrafal.
As famílias insistem na necessidade de se avançar com o muro de protecção das casas na baia do Tarrafal de Monte Trigo, onde o mar revolto, além de destruir equipamentos sociais, tem estado, praticamente todos anos, a invadir casas.
O Ministério da Administração Interna, através do Serviço Nacional da Protecção Civil (SNPC), tem manifestado a sua “disponibilidade” em discutir com as autoridades municipais um plano de intervenção nessa zona, que está exposta à “acção muito severa” do mar, neste período do ano.

Dans la même catégorie