GNA Mental Health Week launched in Tamale GNA Problem-solving based education curriculum is crucial for sustainable national economic growth GNA Africa’s mineral wealth remains key driver of its transformation- Ambassador Muchanga AIP Côte d’Ivoire-AIP/Des jeunes entrepreneurs formés à la digitalisation de leurs activités AIP Côte d’Ivoire-AIP/ La GESTOCI renouvelle son partenariat avec la FIF jusqu’en 2025 MAP Crash d’un avion militaire au Mali: Deux morts et 10 blessés (Armée) MAP Sénégal: Un mort et neuf blessés dans l’explosion dans une usine (secours) MAP La SMDC, une opportunité pour repenser les défis urgents à relever en matière de transport et de mobilité (PM sénégalais) MAP SAR la Princesse Lalla Hasnaa inaugure à Marrakech le Parc de l’Oliveraie de « Ghabat Chabab » MAP Guinée équatoriale: Cinq morts dans l’assaut du siège d’un parti d’opposition (TV d’Etat)

PR diz que são falsas acusações de que Guiné-Bissau introduziu armas na Guiné-Conacri


  26 Octobre      46        Militaire (486),

   

Bissau,26 Out 20(ANG) – O Presidente da República, Úmaro Sissoco Embaló, considerou falsas informações segundo as quais a Guiné-Bissau terá introduzido armas naquele país que terão sido usadas no ataque ao quartel de Kindia.

As autoridades da Guiné-Conacri na pessoa do ministro da Segurança acusaram a Guiné-Bissau de ter introduzido armas no país vizinho, e prometem levar a cabo um inquérito para melhor esclarecimento sobre o assunto.
Em declarações à imprensa á margem de uma reunião do conselho de ministros, Sissoco Embaló reagiu que essas informações não passam de notícias falsas e alerta a população a não consumir informações que possam intoxicar a sociedade. “Internamente temos problemas de armas, como iríamos nós introduzir outras na Guiné-Conacri”, interroga o Chefe de Estado.

“Que fique claro não sou um Presidente assassino nem da desordem. O nosso desafio é que a Guiné-Bissau volte e faça parte do concerto das nações, não associar-se a atos que possam desestabilizar outros países. Não somos um país de mercenários nem de bandidos”, referiu.

Em Conselho de Ministros, o governo decidiu protelar a discussão da proposta do Orçamento Geral de Estado para 2021, na sequência das negociações em curso com as instituições de Bretton Woods. Em decorrência dessa decisão, o plenário governamental analisou informações reativas ao estado das negociações com o Fundo Monetário Internacional (FMI), a fim de reativar um programa como o Banco Mundial (BM) para equacionar a sustentabilidade da dívida do país.

Relativamente às “graves situações” prevalecentes nos Serviços de Assistência Aeroportuária, nomeadamente, a ausência de licenças para o exercício da sua atividade e a falta de equipamentos certificados, o Conselho de Ministros decidiu dar a sua anuência aos membros do governo competentes, em razão da matéria, para darem início ao processo de liquidação dos serviços de Assistência Aeroportuária e dos atos normativos subsequentes.

Dans la même catégorie