AGP Kindia : Le directeur général de l’institut de recherche Agronomique de Guinée (IRAG) effectue une visite de terrain AGP IRE-Conakry / Rentrée scolaire 2020- 2021 : Elèves et enseignants mobilisés APS POST-COVID-19 : ANTONIO GUTERRES PLAIDE LA CAUSE DES PERSONNES EN SITUATION DE HANDICAP APS UNE HAUSSE DE 13,4% SUR LE BUDGET 2021 DU MINISTÈRE DE LA JUSTICE APS BOULANGERIE : LA RÉFORME VISE À JUGULER LA CONCURRENCE DÉLOYALE (RÉGIONAL DU COMMERCE) GNA Scrap dealer supports over 9,000 NDC agents in Ashanti GNA NTP/NMCP contract workers cry over salary locked-up GNA Support parties with policies that beneficial to the people – Dada KD GNA IPEG trains 90 youth of political parties in livelihood skills GNA Stakeholders commends Warehouse Receipt System Training Programme

PR diz que são falsas acusações de que Guiné-Bissau introduziu armas na Guiné-Conacri


  26 Octobre      11        Militaire (318),

   

Bissau,26 Out 20(ANG) – O Presidente da República, Úmaro Sissoco Embaló, considerou falsas informações segundo as quais a Guiné-Bissau terá introduzido armas naquele país que terão sido usadas no ataque ao quartel de Kindia.

As autoridades da Guiné-Conacri na pessoa do ministro da Segurança acusaram a Guiné-Bissau de ter introduzido armas no país vizinho, e prometem levar a cabo um inquérito para melhor esclarecimento sobre o assunto.
Em declarações à imprensa á margem de uma reunião do conselho de ministros, Sissoco Embaló reagiu que essas informações não passam de notícias falsas e alerta a população a não consumir informações que possam intoxicar a sociedade. “Internamente temos problemas de armas, como iríamos nós introduzir outras na Guiné-Conacri”, interroga o Chefe de Estado.

“Que fique claro não sou um Presidente assassino nem da desordem. O nosso desafio é que a Guiné-Bissau volte e faça parte do concerto das nações, não associar-se a atos que possam desestabilizar outros países. Não somos um país de mercenários nem de bandidos”, referiu.

Em Conselho de Ministros, o governo decidiu protelar a discussão da proposta do Orçamento Geral de Estado para 2021, na sequência das negociações em curso com as instituições de Bretton Woods. Em decorrência dessa decisão, o plenário governamental analisou informações reativas ao estado das negociações com o Fundo Monetário Internacional (FMI), a fim de reativar um programa como o Banco Mundial (BM) para equacionar a sustentabilidade da dívida do país.

Relativamente às “graves situações” prevalecentes nos Serviços de Assistência Aeroportuária, nomeadamente, a ausência de licenças para o exercício da sua atividade e a falta de equipamentos certificados, o Conselho de Ministros decidiu dar a sua anuência aos membros do governo competentes, em razão da matéria, para darem início ao processo de liquidação dos serviços de Assistência Aeroportuária e dos atos normativos subsequentes.

Dans la même catégorie