ACP Neuf  nouveaux cas confirmés de  maladie à virus Ebola enregistrés lundi  au Nord-Est de la RDC GNA Suzuki plans production plant for Ghana GNA Financial sector needs professionals with integrity- Osei Gyasi GNA Ghana, Guinea to sign cooperation agreement on bauxite development ACP Ouverture de la 31ème session de l’IDAK à Lubumbashi ACP Réunion du comité de pilotage du projet PADIR prévue le 22 mars 2019 ACP M. Laya Sinsu désigné directeur général ad intérim à la SCTP GNA Armed Forces inaugurate Multipurpose Hall in Kumasi GNA Opanka The underrated rap gem GNA Footballer, driver’s mate remanded for robbery

Praia/ Música: António Serrano, Dead Combo e Bulimundo abrem hoje a V edição do AME


  10 Avril      30        Arts & Cultures (2406), Musique (447),

   

Cidade da Praia, 10 Abr (Inforpress) – Os artistas António Serrano de Espanha, Dead Combo de Portugal e Bulimundo (Cabo Verde) fazem a abertura da quinta edição do Atlantic Music Expo (AME), hoje na Cidade da Praia agendada para as 20:00 na praça Luís de Camões.

A apresentação do certame, de acordo com o site oficial do AME, será uma grande conferência musical com um network amistoso e um “vibe íntimo, descontraído”, mas ao mesmo tempo incrivelmente profissional.

O festival, segundo os seus organizadores, terá 28 showcases, oito a mais do que no ano anterior, sendo que em 2016, o AME foi a maior de sempre, contando com 520 delegados provenientes de 37 países.

A entrada da edição deste ano será grátis ao público no dia da abertura, hoje, e vai contar com a presença do Presidente da República de Portugal, Macelo Rebelo de Sousa, um dos patrocinadores do evento, que está de visita a Cabo Verde.

Para além da praça Alexandre Albuquerque, no platô, que recebe um mercado profissional, onde a troca de experiência e o estabelecimento de contactos entre os profissionais são os objectivos, vários outros palcos da Cidade da Praia vão receber artistas nacionais e internacionais durante quatro dias.

De realçar que, depois da abertura do Kriol Jazz no bairro de Fundo Cobom que aconteceu este sábado, mais de meia centena de artistas e bandas sobem aos diferentes palcos, espalhados pelo centro histórico Platô através de showcases, workshops, conferências e encontros “one-to-one”.

Conforme afirmou o ministro da Cultura e das Indústrias Criativas, Abraão Vicente, neste momento o país possui todas as condições para fazer uma divulgação daquilo que é o projecto musical para o futuro.

O ministro acredita que esta será uma semana extraordinário, uma vez que o Governo conseguiu mobilizar parceiros “interessantes” e financiamento a 100 por cento (%), o que vai possibilitar a construção de um “mercado agradável” com todas as condições criadas para a cidade capital oferecer aos praienses e visitantes uma semana musical.

Para hoje, 10, vão actuar artistas como António Serrano (Espanha), os Dead Combo (Portugal), e os Bulimundo (Cabo Verde).

No segundo dia, 11, sobem ao palco os músicos cabo-verdianos Lucibela Santos, Hilário Silva, Fantcha e Wilson Silva. Quanto aos internacionais os Labess de Argélia/Canadá, Tribute Birdie de África do Sul e Duarte de Portugal animarão a noite da capital.
Ainda, paralelamente, na Praça Luís Camões decorrem várias “Live Session” com o projeto LusAfro.

Para o dia 12, vão actuar os artistas internacionais como o grupo Coladera do Brasil, Awa Ly de França, Jocelyn Balu de Congo, Do Moon de França e Gato Preto de Moçambique, já os nacionais apresentam Adé Costa, os Tubarões, Tradison di Terra, Zé Rui de Pina, BigZPatronato, Kiddye Bonz.

No último dia, 13, o Palácio da Cutura Ildo Lobo recebe Silvano Sanches, e Toto. Já na rua pedonal do platô actuará Melissa Fortes e Pamela Wesli.

Para o encerramento do AME estão previstos os artistas Ron Savage Trio, Samia Ahmed, Mounawar, Lura, e Sidi Wacho na Praça Luís Camões.

Em quatro edições, o AME tornou-se um poderoso “think tank”, abordando assuntos como a crioulização, o papel da cultura no desenvolvimento, defesa para o sector musical africano, reforço dos intercâmbios transatlânticos musicais e muito mais.
AF/ZS
Inforpress/Fim

Dans la même catégorie