ANG Estudo revela que desnutrição contribui para a morte de 45 % de crianças menores de cinco anos ANG “Património Cultural do país exige uma requalificação ambiciosa”, diz a Secretária de Estado do Turismo e Artesanato ANG Lisboa quer “o nível máximo” com Bissau GNA Maj Mahama- Police did not rely solely on the video-Witness GNA Special Educators admits to low knowledge on cerebral palsy GNA Administrators urged to end “we are working on it” syndrome AIB Eau, Energie et Economie : L’Allemagne soutient le Burkina Faso avec 26 milliard de FCFA AGP Arrestation de deux passagers pour détention de faux passeports AIB Burkina: Vers l’instauration  d’un système efficace de protection des personnes vulnérables ANGOP Un message du Président angolais remis à son homologue chinois

Praia: PAICV convida MpD a ir para terreno constatar a “desesperança das pessoas”


  24 Juin      9        Société (51058),

   

Praia, 24 Jun (Inforpress) – O presidente da Comissão Política Regional do PAICV de Santiago Sul, Carlos Tavares, convidou este domingo o MpD (no poder) a sair para o terreno para constatar a “desesperança das pessoas”, sobretudo, dos jovens.
Carlos Tavares, que falava à Inforpress este domingo, após visitar os bairros de Paiol e Coqueiro, na cidade da Praia, com o objectivo de auscultar a população, ouvir as suas dificuldades e os seus anseios, disse ter detectado uma situação de “declínio social e económico” com os problemas da pobreza e o desemprego a “agudizarem-se”.
“Constatamos vários problemas sociais e o que mais nos preocupa mesmo é o desemprego porque sabemos o impacto que a falta de rendimento tem na vida das pessoas. Quando não se tem um emprego há dificuldades em comprar a alimentação, pagar pela saúde, transportes e educação dos filhos e por isso é uma situação que preocupa”, salientou.
Neste sentido, questionou sobre os 45 mil postos de trabalho prometidos pelo MpD durante campanha eleitoral em 2016 e que faz parte do programa do actual Governo, salientando que essa promessa eleitoral não tem tido efeitos práticos.
“O MpD tem de vir ao terreno ouvir desses jovens que o compromisso que apresentou em relação emprego foi uma autêntica falácia sem resultados práticos”, afirmou Carlos Tavares, adiantando que os jovens estão “bastante desesperançados” com o Governo.
O líder do PAICV na região de Santiago Sul notou que os jovens estão igualmente desesperançados com a atitude do poder local, ou seja, da Câmara Municipal da Praia que também é liderada pelo MpD.
Neste quesito, Carlos Tavares falou da falta de habitação, das dificuldades no acesso ao terreno por parte das populações, quando os mesmos, segundo ele, têm sido vendidos às pessoas próximas de partido para especulação imobiliária.
“De facto, a autarquia da Praia presidida por Óscar Santos não tem dado resposta nesse sentido. Os poucos terrenos que existem estão a ser entregues, de forma directa, às pessoas próximas do partido e os poucos lotes que são lançados em asta pública são como cartas marcadas porque só as pessoas com alto rendimento e que têm posse é que conseguem”, denunciou.

Dans la même catégorie