AIP Côte d’Ivoire-AIP/ Une milice veut faire de Dabou sa base arrière (Gendarmerie) AIP Côte d’Ivoire-AIP/ Présidentielle 2020: Le préfet se félicite du climat de paix à Adzopé AIP Côte d’Ivoire-AIP/ Des rues de Danané transformées en carrières de sable en période de pluie GNA Healthy Food Africa project to produce additional 91,000 mt of fish GNA Tema West Education Directorate organizes breast screening for Teachers GNA EC to receive nominations for Yapei/Kusawgu Constituency GNA COMBATs must change narrative on gender-based violence GNA Hearts of Oak appoints Portuguese as Technical Director AIP Côte d’Ivoire-AIP/Présidentielle 2020 : Alassane Ouattara, un «expert en développement » selon Alcide Djédjé MAP La République du Burkina Faso ouvre un consulat général à Dakhla

Preços da oferta turística diminuíram 0,9% em termos homólogos no terceiro trimestre de 2020


  16 Octobre      14        Economie (10044),

   

Cidade da Praia, 16 Out (Inforpress) – Os preços da oferta turística diminuíram 0,9% em termos homólogos no terceiro trimestre de 2020, revelou hoje o Instituto Nacional de Estatística (INE), revelando que a ilha de Santiago registou uma variação trimestral “nula”.

De acordo com os dados divulgados hoje pelo INE, a variação trimestral observada no terceiro trimestre de 2020 foi de -1,2%, inferior em -1,8 (pontos percentuais (p.p.) ao valor registado no trimestre anterior, que apresentou uma variação de 3,0%, reflexo do padrão de sazonalidade deste indicador.

Segundo a mesma fonte, no terceiro trimestre de 2019, esta variação tinha sido nula, situando-se em -1,2 p.p. abaixo da actual.

A classe dos hotéis, cafés e restaurantes apresentou uma variação homóloga de -0,9%, -1,1 p.p. abaixo da que se verificou no trimestre anterior, apontou o INE, realçando que esta variação correspondeu uma contribuição de -0,9 p.p. para a variação do Índice de Preços Turísticos (IPT) total.

“Note-se que a componente do alojamento, que corresponde a 67,8% da despesa turística, com especial destaque para os hotéis, que correspondendo a 64,3% da despesa turística total, registaram uma contribuição negativa (-0,64 p.p.) de sinal contrário à do trimestre anterior (-0,85 p.p.)” explicou a fonte.

Entretanto, o INE assegurou ainda que a restauração, cujo peso representa cerca de 31,1% da despesa turística, apresentou igualmente uma contribuição negativa de 0,21 p.p.

“O movimento dos preços das dormidas em hotéis (com uma contribuição de -0,6 p.p.) foi completamente determinante para este comportamento do IPT total”, afirmou a fonte, salientando que quatro componentes do IPT apresentaram contribuições no mesmo sentido: os restaurantes (-0,2 p.p.), pensões (-0.001 p.p.), pousadas (-0,005 p.p.) e os hotéis-apartamentos (-0,001 p.p.)”.

No entanto, de acordo ainda com os dados do INE, os aldeamentos turísticos registaram uma contribuição de 0,011p.p. e as residenciais apresentaram uma contribuição “marginalmente positiva” (0,0009 p.p.)., e os níveis médios dos preços das restantes componentes do IPT mantiveram-se em relação ao trimestre homólogo.

“A taxa de variação no trimestre em análise foi de -1,2%, inferior em 1,8 p.p. à registada no trimestre anterior, em que se situara em -3,0%. No mesmo trimestre do ano anterior, verificou-se uma variação nula em cadeia (0,0), superior em 6,6 p.p. à do segundo trimestre de 2019”, informou.

Segundo a mesma fonte, “quase todas as ilhas apresentaram variações trimestrais de sinal negativo” (respetivamente São Vicente -5,0%, Boa Vista -1,8%, Santo Antão -1,4% e Sal -0,2%) que determinaram fortemente o movimento do IPT Nacional.

A ilha de Santiago registou uma variação “nula”, informou o INE, enfatizando que a actividade turística nesta ilha corresponde a cerca de 25,2% da actividade a nível nacional, e as ilhas de São Vicente e da Boa Vista que detém 53,5% da actividade a nível nacional, apresentam uma “marcada contribuição negativa” para variação homóloga trimestral do IPT total (-0,03 p.p. e -2,6 p.p. respetivamente).

Dans la même catégorie