MAP Le Maroc dispose du dossier le plus solide pour l’organisation de la CAN-2025 (agence de presse) APS Ziarra Omarienne: Des centaines de fidèles ont participé à la cérémonie officielle APS Babacar Diop annonce sa candidature à la présidentielle de 2024 AIP Côte d’Ivoire-AIP/ Mode : le sénégalais Mathydy s’installe à Abidjan MAP Tropicale Amissa Bongo: L’Ambassadeur de SM le Roi au Gabon rencontre l’équipe nationale de cyclisme MAP Cyclisme: Le Français Geoffrey Soupe champion de la 16è Tropicale Amissa Bongo AIP Côte d’Ivoire-AIP/Le Québec annonce son appui à la formation et l’insertion des jeunes ivoiriens AIP Côte d’Ivoire-AIP/ Inauguration du premier bureau régional du ministère de la Réconciliation et de la Cohésion nationale AIP AIP/ La COP-FEA encourage la consolidation de la paix entre la Côte d’Ivoire et le Mali APS Les communes de Kaffrine et Ngniby scellent une convention de financement avec le ministère de la Culture

Preços dos combustíveis descem a partir desta quinta-feira em média 7,04%


  1 Décembre      14        Economie (17156), Energie (326),

   

Cidade da Praia, 01Nov (Inforpress) – Os preços dos combustíveis descem a partir de hoje, em média 7,04%, anunciou hoje a Agência Reguladora Multissetorial da Economia (ARME), indicando que a descida abrange tanto a gasolina como o gasóleo.
De acordo com a nova tabela, a gasolina passa a ser vendida por 143,90 escudos por litro, com uma descida de 4,19 por cento (%); o petróleo a 167,40 escudos por litro, com diminuição de 0,62%; o gasóleo normal a 157,10 com descida de 4,23%, o gasóleo para eletricidade a 148,10 diminuindo em 9,97%; o gasóleo marinha a 124,50, descendo em 10,75%; o fuel 380 a 100,70, diminuindo em 7,78% e o fuel 180 a 106,70% com diminuição a volta de 8,33%.
O gás butano passa a ser vendido a granel por 157,70 escudos por quilo, sendo que as garrafas de 3Kg passam a ser comercializadas a 449,00 escudos, as de 6 Kg a 946,00 escudos, as de 12,5Kg, a 1.971,00 escudos e as de 55Kg, a 8.672,00 escudos.
De acordo com a ARME, tudo somado os preços correspondem a um decréscimo médio dos preços dos combustíveis de 7,04%.
Segundo a ARME, quando comparado com o período homólogo (Dezembro de 2021), a variação média dos preços dos combustíveis corresponde a um aumento de 27,78% e, relativamente à variação média ao longo do ano em curso, corresponde a um acréscimo de 0,89 por cento.
Essa descida, de acordo com a mesma fonte, deveu-se a alguma volatilidade nas cotações do petróleo Brent nos mercados internacionais, registando decréscimos médios de 1,59% (90,97 USD), quando comparadas às cotações do mês de outubro (92,44 USD).
A entidade recorda que para a presente actualização de preços dos combustíveis teve-se em consideração a Lei n.º 13/X/2022, de 30 de junho, que altera as taxas de Direitos de Importação (DI) e as taxas de Imposto sobre o Consumo Especial (ICE), constantes da Pauta Aduaneira, aprovada pela Lei n.º 49/IX/2019, de 27 de Fevereiro.
“A Lei acima referida reduz, igualmente, a taxa de DI sobre a Gasolina, de 20% para 10%, assim como sobre o Fuel 180 e 380, de 5% para 0%, respectivamente. O mesmo diploma reduz, ainda, a taxa de ICE sobre o Gasóleo e a Gasolina, mudando de 10% para a específica seis escudos por litro, e produz efeitos de 1 de julho até 31 de dezembro de 2022”, esclarece.
Os novos preços máximos de venda ao consumidor final dos combustíveis regulados, vigora entre 01 e 31 de dezembro de 2022.

Dans la même catégorie