MAP Covid-19 : le président sénégalais appelle au renforcement des contrôles systématiques du port du masque GNA Police beefs up security to protect ballot boxes at Adaklu ANGOP Covid-19 : Angola regista 207 recuperados e 68 novos casos APS THIÈS : ’’ESPACE NDUGU’’, UN PROJET POUR MODERNISER LE PETIT COMMERCE DANS LES QUARTIERS APS HAUSSE DES CAS DE COVID-19 : MACKY SALL DEMANDE LE RENFORCEMENT DES CONTRÔLES SYSTÉMATIQUES DU PORT DU MASQUE AIP La GESTOCI teste son dispositif de sécurité sur ses installations AIP Le nouveau directeur régional de l’Enseignement technique et de la Formation professionnelle veut accompagner les responsables d’établissement AIP le gouvernement burkinabé estime a hauteur de 113 millions d’euros le soutien de l’union européenne AIP Plus de 2200 nouvelles cartes nationales d’identité disponibles à Dimbokro AIP Bientôt des logements pour les agents des Eaux et Forêts à Songon

Presidente da Federação reeleito reitera compromisso de massificação da prática da modalidade no país


  26 Octobre      15        Politique (13216),

   

Bissau, 26 out 20 (ANG) – O Presidente reeleito da Federação de Andebol da Guiné-Bissau Quecuto Indjai prometeu continuar com o projeto de massificação da modalidade, e introduzir o andebol de praia, visando competições internacionais .

Quecuta Indjai que falava à imprensa após a sua recondução ao cargo do Presidente da Federação de Andebol, por mais 4 anos, disse que as maiores preocupações do seu mandato são a obtenção de uma sede para a Federação, consolidação da modalidade a nível nacional, fazendo de andebol uma modalidade que todas as crianças vão gostar de praticar.

“Vamos fazer as crianças se optarem pela prática dessa modalidade, porque achamos que é uma camada que pode facilitar para que tenhamos o andebol de massa”, disse.

Quecuta Indjai prometeu ainda continuar com a capacitação dos treinadores, árbitros e todos os dirigentes desportivos que estão a testa de Federação para poderem trabalhar e continuar a dar força ao andebol no país.

“A Federação de andebol é uma referência das federações existentes no país, por isso, vamos trabalhar para que ela continuasse com esse nome e valor que tem até aqui”, frisou Quecuta.

Indjai prometeu ainda trabalhar, de mãos dadas com todos os técnicos da modalidade inclusive o seu adversário derrotado, Cipriano Có.

Por sua vez, Cipriano Có criticou a forma como foi feita a Assembleia Geral de andebol, sustentando que o regulamento está para regular aquilo que está no estatuto não para aumentar o que não está .

“Quando quer fazer qualquer alteração nos estatutos tem que enviá-los para os associados 48 horas antes não no dia da votação. Nós sabemos que tipo de associações temos no país, as vezes as pessoas não lêm as páginas, nesse sentido é fácil votar e quando vierem a dar conta já é tarde”, criticou.

A eleição realizada no passado sábado, concorreu apenas um candidato neste caso o presidente cessante, Quecuta Indjai, com o chumbo da candidatura de Cipriano Có pela Mesa da Assembleia Geral por não ter reunido os requisitos exigidos pela lei.

Dos 25 delegados presentes na sala, 22 votaram a favor do candidato vencedor, sendo 3 abstenções.

Dans la même catégorie