GNA Accra Mall launch Maiden Edition of ‘Future Fashion Fund’ ANP Sommet UA : Le Ministre du tourisme préside la cérémonie d’inauguration de l’hôtel NOOM ANP Journée mondiale contre la drogue : saisies de drogues d’une valeur de 13 milliards de FCFA au Niger Inforpress Cabo Verde com pesticidas abaixo do limite admissível mas frágil face à introdução fraudulenta do produto, José Teixeira Inforpress MpD “convicto” de que país irá atingir meta de um milhão de turistas até 2021- deputado Inforpress Autarquia da Praia promete criar corredor exclusivo para bus e táxi ao longo do ano em curso Inforpress Santo Antão: Amupal mobiliza projectos para atenuar desemprego que afecta mulheres no Planalto Leste AIP Côte d’Ivoire/ CAN 2019 : Résultats et classement à l’issue des premiers matchs de poules AIP Côte d’Ivoire/ Le programme d’appui au développement des filières agricoles présenté aux acteurs régionaux à Korhogo AIP Côte d’Ivoire/ HEC Paris veut créer un Master entrepreneuriat à l’INPHB de Yamoussoukro

Primeiro-Ministro inaugura simbolicamente OSCM um ano após sua entrada em funcionamento


  23 Novembre      30        Innovation (320), Société (50160),

   

Praia, 23 Nov (Inforpress) – O primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, descerrou esta quinta-feira a placa inaugurativa do Centro Oceanográfico do Mindelo (OSCM, na sigla em inglês), um ano e oito dias após a entrada em funcionamento do centro, sediado no Mindelo.

Com efeito, a 14 de Novembro do ano passado procedera-se à inauguração da componente técnico-científica da OSCM e desde àquela altura ficara prometida a “inauguração política”, que ocorreu hoje na presença do vice-director do instituto alemão Geomar, Martin Visbeck, aliás o equipamento do OSCM foi financiado maioritariamente pelo Ministério Federal da Investigação e Educação da Alemanha.

A comunidade científica ligada ao mar e aos oceanos classificam o OSCM de um “projecto especial” e que traz a oportunidade de se conhecer melhor o oceano, prestar serviços à comunidade científica mundial e ter elementos para alcançar a “resiliência” dos oceanos, pelo que a comunidade científica mundial deve tirar partido das suas potencialidades.

O Centro Oceanográfico de Cabo Verde, edifício multi-uso que se desenvolve numa área de 1.700 metros quadrados, é uma infra-estrutura de investigação oceanográfica e atmosférica e de logística de preparação de campanhas e estudos do oceano e da atmosfera na região do Oceano Atlântico.

Dans la même catégorie