GNA NPP delayed Bolga-Bawku-Pulimakom road construction GNA Ghana to host 2021 West Africa Conference on CelebrateLAB GNA Aburihene confers ‘maawerehene’ title on President Akufo-Addo GNA Dr Kingsley Nyarko donates street lights to Kwadaso Municipal Assembly AGP Tournoi UFOA U20 : La Guinée domine la Mauritanie (1-0). AGP Nzérékoré/Insécurité : Cinq bandits présentés aux autorités préfectorales AGP Nzérékoré/Covid-19 : 21 enseignants formés en technique de communication et d’engagement communautaire AGP Guinée/Santé : La prévalence nationale des MGF est de 95% selon l’enquête démographique de Santé Publique de 2018 AGP Guinée/Covid19 : ‘’Des Covid-héros’’ récompensés  par l’Agence More & More APS GESTION DES DÉCHETS : UNE CAMPAGNE POUR UN CHANGEMENT DE COMPORTEMENT LANCÉ À TIVAOUANE

Primeiro-ministro testemunha início das aulas na Praia e garante que condições de segurança sanitárias estão asseguradas


  3 Novembre      6        Santé (8061),

   

Cidade da Praia, 03 Nov (Inforpress) – O primeiro-ministro, Ulisses Correia Silva, deslocou-se ao complexo educacional de Achada Grande Frente, para testemunhar o início das aulas na cidade da Praia e disse ter constatado que as condições de segurança sanitárias nas escolas estão garantidas.
Ulisses Correia e Silva, que acompanhado da ministra da Educação, Maritza Rosabal, e do secretário de Estado de Educação, Amadeu Cruz, visitou escolas do ensino básico e secundário de Achada Grande Frente e Achada Trás, afirmou que as escolas estão todas preparadas para avançar com as aulas nesse contexto derivado da pandemia de covid-19.
“Nós verificamos que os alunos desde os mais pequeninos até aos que estão no ensino secundário estão com máscaras e têm uma consciência muito clara de que é necessário proteger-se e a mensagem é que essa protecção vá também para as comunidades”, disse.
“Creio que os alunos são bons transmissores de boas mensagens porque é preciso não só proteger-se nas escolas, mas em casa, na família, na comunidade, nos transportes, para que possamos ter um ano lectivo tranquilo”, acrescentou.
O chefe do Governo está ciente de que poderão existir alguns problemas com o aparecimento de alguns casos positivos de covid-19, como tem sido verificado nos outros concelhos onde as aulas arrancaram no início de Outubro, mas indicou que o sistema está preparado para situações de contingência.
“Há espaços de isolamento devidamente preparados e adequados, os professores estão formados relativamente àquilo que devem fazer em caso de detecção de casos positivos, mas os nossos desejos é que tudo corra bem”, realçou.
No município da Praia o início das aulas tinha sido adiado devido ao elevado número de casos de covid-19, na altura. As aulas arrancaram hoje, mas a retoma está a ser feita de forma faseada. Hoje regressaram às escolas os alunos do 1º ao 4º ano escolaridade, e os alunos do 8º, 11º e 12 anos de escolaridade.
A partir do dia 09 de Novembro iniciam as aulas para os alunos do 5º e 6º anos de escolaridade e a partir de 16 de Novembro do 7º , 9º e 10 anos de escolaridade.
A ministra da Educação Maritza Rosabal explicou que neste ano considerado atípico há um calendário diferente, com redução dos dias de férias tanto em Dezembro, como em Fevereiro na época do Carnaval das férias do segundo trimestre.
“Trata-se de uma gestão diferente dos anos anteriores e o foco são as aprendizagens e o foco vai estar no seguimento constante da situação em sala de aula e das aprendizagens dos alunos e uma gestão flexibilizada dos programas”, sustentou.
Sobre o programa explicou que foi feita a selecção daquilo que são considerados conteúdos essenciais e o objectivo é de chegar até onde for possível, sempre garantindo as aprendizagens.
De acordo com dados actualizados este domingo pelas autoridades sanitárias, Cabo Verde conta com 715 casos activos, 7.981 recuperados, 95 óbitos e dois transferidos, perfazendo um total de 8.793 casos positivos acumulados.

Dans la même catégorie