MAP Le Maroc parmi les 10 premiers pays qui ont réussi le défi de la vaccination contre la Covid-19 (OMS) AIP Côte d’Ivoire-AIP/ Législatives 2021: Des affiches des candidats déchirées à Bocanda AIP Côte d’Ivoire-AIP/ Législatives 2021: Adama Bictogo appelle à voter pour le candidat désigné par le RHDP à Aboisso sous-préfecture AIP Côte d’Ivoire-AIP/ 356 nouveaux cas de COVID-19 notifiés le 3 mars 2021 (Ministère) AIP Côte d’Ivoire-AIP/ Législatives 2021: Le préfet de Bocanda invite les candidats à œuvrer pour la paix pendant la campagne AIP Côte d’Ivoire-AIP/ Au total 2 000 ménages vulnérables bénéficient de kits alimentaires et sanitaires à Abidjan AIP Côte d’Ivoire-AIP/ Législatives 2021: Le candidat RHDP de Tagadi et Sorobango veut continuer de soutenir les actions de développement du Gouvernement AIP Côte d’Ivoire-AIP/ Législatives 2021: Le candidat du PDCI compte défendre les intérêts de la population de Bonon APS MACKY SALL ANNONCE 8 MILLIONS DE DOSES POUR LA VACCINATION DE 4 MILLIONS DE PERSONNES APS LE PRÉSIDENT SALL PRÔNE LA FINALISATION DE LA STRATÉGIE NATIONALE DE PROTECTION CIVILE

Publicações: Casimiro de Pina lança “Textos sobre Direito de Emergência e outros Estudos” na cidade da Praia


  11 Février      10        Société (29422),

   

Cidade da Praia, 11 Fev (Inforpress) – “Textos sobre Direito de Emergência e outros Estudos”, título do primeiro livro jurídico de Casimiro de Pina e que aborda o quadro jurídico cabo-verdiano em contexto de emergência, esta quarta-feira apresentada, na cidade da Praia.
Em declarações à imprensa, momentos antes a apresentação, testemunhadas por convidados como o Primeira-dama, Lígia Fonseca, e o Primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, o autor afirmou que durante o estado de emergência, decretado em virtude da pandemia, o cidadão viu-se privado de um conjunto de direitos que não tiveram respaldo na constituição cabo-verdiana, daí sugerir uma reforma legislativa nesta matéria.
“A legislação principal que nós usamos aqui em Cabo Verde para decretar estados de calamidade, dentre outros, basicamente foi a lei de protecção civil. Explico isso no livro, que é uma lei de 2012. Mas essa lei de protecção civil foi pensada para outro tipo de situações”, defendeu.
Segundo Casimiro de Pina, a lei de bases da protecção civil é mais para incêndios, erupção vulcânica, dentre outras “situações mais pontuais”.
“Essa lei não foi propriamente feita para lidar com pandemias do tipo que estamos a viver. É neste caso concreto que eu proponho algumas reformas legislativas e alguma discussão à volta desta lei e de outras lei similares”, acrescentou.
Para Casimiro de Pina, o que faltava em Cabo Verde era um estudo que pudesse compreender o quadro jurídico por detrás de normas e decretos em contexto em pandemia, já que na Constituição não há nada que aborda sobre os direitos do cidadão em situações de emergência.
Para o apresentador do livro, o professor universitário e jurisconsulto Mário Silva, o estado de emergência mereceu nesta obra uma ampla análise e põe tónica no caso cabo-verdiano em que o impacto da pandemia não foi tão intensa, se comparada com a Europa.
Contudo, salienta a necessidade de investir nas instituições cabo-verdianas que protegem e socorrem os cidadãos.

Dans la même catégorie