AGP Labé-Jeunesse : Des jeunes en conflit à Djonfo, Le préfet de Labé appelé en renfort AGP Boké-Société : Le président des transporteurs miniers pour la préservation de la paix GNA Let’s develop our own education models – Prof Opoku-Agyemang GNA COCOBOD to distribute 60 million hybrid seedlings to farmers GNA Foreigners cannot engage in retail business – Kyei-Mensah-Bonsu APS HUIT BASKETTEURS SÉNÉGALAIS SÉLECTIONNÉS POUR UN CAMP DE ‘’BASKETBALL WITHOUT BORDERS’’ À DAKAR APS AHMAD GAMAL, HANDICAPÉ VISUEL, STAR DE LA CAN 2019 APS CAN 2019 : ALIOU CISSÉ ET DJAMEL BELMADI SERONT FÊTÉS À CHAMPIGNY-SUR-MARNE (MEDIA) AIP Côte d’Ivoire / L’ANADER propose l’hydroponie, nouvelle pratique agricole comme solution à la pression foncière AIP Côte d’Ivoire/Affectation en 6ème : le ministère de l’Education nationale innove avec les inscriptions en ligne

Regionalização: Governo “convicto” no acordo entre os partidos para aprovação final do diploma


  22 Mars      24        Photos (21287), Politique (23739),

   

Cidade da Praia, 22 Mar (Inforpress) – O ministro de Estado e dos Assuntos Parlamentares disse hoje que o Governo está confiante no acordo entre os partidos para a aprovação final global da lei da regionalização, que voltará à Assembleia Nacional na próxima sessão.
“O Governo está confiante de que chegaremos ao acordo para essa reforma estruturante do nosso Estado de direito democrático”, declarou Fernando Elísio Freire, que disse ainda acreditar que aquilo que a todos, neste momento, é “muito superior” àquilo que diverge. “Todos somos chamados a contribuir para esta grande reforma”, reforçou o governante.
Fernando Elísio Freire, que falava durante a conferência de imprensa de balanço da reunião do Conselho de Ministros, lembrou que para a aprovação da proposta do Governo são necessários dois terços dos votos no parlamento e demonstrou sua convicção de que “haverá acordo” entre os deputados no sentido de se ter a votação que a lei exige.
A proposta de lei para criação de regiões administrativas e que regula o seu modo de eleição, as suas atribuições e organização, foi aprovada na generalidade em Outubro, com votos favoráveis de bancada do Movimento para a Democracia (MpD, poder), de dois deputados da UCID (oposição) e de outros dois do PAICV (oposição).
O documento aprovado prevê a criação de dez regiões administrativas, uma por ilha, com excepção de Santiago, que terá duas regiões (norte e sul).
MJB/AA

Dans la même catégorie