GNA P’Bay’s ‘Steppa’ single sparks viral dance challenge GNA GFA to investigate bribery allegations involving RTU and Nkoranza Warrior AIP Côte d’Ivoire – AIP/ Un nouveau bâtiment de trois salles de classe à l’EPP Sandalla AIP Côte d’Ivoire-AIP/Inter/Foot-transfert : deux ivoiriens rejoignent le club du TP Mazembé AIP Côte d’Ivoire-AIP/ Urbanisme: cinq quartiers précaires d’Abidjan bientôt déguerpis (Ministre) AIP Côte d’Ivoire-AIP/ Un manuel de procédures validé pour le projet « Conservation de la biodiversité à Taï-Grebo-Sapo » NAN Troops overrun terrorists’ enclaves, eliminate scores in Borno, Yobe GNA Three men die after drinking suspected poisoned apketeshie GNA Oti NPP applauds Akufo-Addo on Regional Minister-Designate nomination GNA Chief commends International Needs for helping the rural poor

Registo Eleitoral/PNUD entrega 400 Kits ao Governo


  14 Décembre      25        Politique (14407),

   

Bissau, 14 Dez 20 (ANG) – O Programa de Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) entregou hoje 400 Kits de registo de eleitores ao Governo da Guiné-Bissau para garantir a continuidade e sustentabilidade do processo eleitoral no país.

No acto da entrega dos Kits, o representante residente de PNUD na Guiné-Bissau Tjard M.Egenheff disse que os materiais foram adquiridos para Gabinete Técnico de Apoio ao Processo Eleitoral (GTAPE) no âmbito de apoio aos Ciclos Eleitorais não país, 2018-2019 implementado pelas Nações Unidas.

Tjard M.Egenheff disse que, além dos 400 Kits, também entregaram um servidor e 30 impressoras de cartões Pvc  de modo a permitir a colecta biométrica e a consolidação dos dados para a emissão, renovação e reemissão de identidade/cartão de eleitor.

“Os kits constituem uma oportunidade importante para garantir a eficiência e eficácia do trabalho a ser realizado pelo GTAPE para a emissão do Cartão de Eleitor que poderia ser oficialmente considerado um Bilhete de Identidade”, explicou o representante de PNUD.

Sublinhou que os cartões de eleitores não são uma dádiva, mas sim, a expressão de um direito dos citadinos  e que os mesmos representam muito mais que um simples plástico e o chip. Ou seja, segundo ele, os cartões representam a relação entre o cidadão e o seu papel soberano.

Aquele responsável disse que o projecto de Apoio aos Ciclos Eleitorais na Guiné-Bissau contou com o apoio financeiro da União Europeia, Reino do Japão, comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO), União Económica e Monetária de África de Oeste (UEMOA), República de Angola, Guiné Equatorial, Portugal, Estados Unidos de América, Itália, Brasil e Comunidade dos Países da Língua Portuguesa (CPLP).

Por sua vez, o Primeiro-ministro Nuno Gomes Nabian disse que os kits  recebidos  vão assegurar maior fiabilidade ao processo de registo eleitoral, tendo em conta a sua capacidade.

“Com a recepção destes  equipamentos, o governo da Guiné-Bissau estará em condições de dotar ao GTAPE de competências técnicas e operacionais para um processo de registo de eleitoral sustentável, transparente e credível”, salientou.

O Chefe do executivo acrescentou que tem a consciência do quanto o custo da introdução de tecnologias no processo de recenseamento eleitoral biométrico é elevado, tendo lamentado que a Guiné-Bissau carece de uma assistência técnica especializada e que por isso, não vão poupar o esforços em desejar que o gesto do PNUD continue, no que tange a  mobilização de outros parceiros com o objectivo de ter melhor utilização dos mesmos equipamentos.

Por outro lado, o Primeiro-ministro anunciou que estão em preparação os trabalhos de utilização da cartografia eleitoral, que vai envolver todos os partidos políticos legalmente constituídos, independentemente da sua representação parlamentar.

“Com o mesmo espírito de transparência, o governo irá convidar todos os partidos políticos legalmente constituídos e as organizações da sociedade civil para acompanharem o processo de atualização do recenseamento eleitoral previsto para o primeiro trimestre de ano 2021”, garantiu Nuno Na Bian.

O acto de entrega dos kits decorreu no âmbito de um Workshop organizado pelo Ministério de Administração Territorial e Poder Local, em colaboração com PNUD, com o objectivo de apresentar oportunidades e explorar as possibilidades de unir forças para construir um sistema de identidade legal e funcional.

Dans la même catégorie