ANP Niger : Le gouvernement se penche sur le phénomène de la mendicité dans le pays ANP Le Président de la République nomme un nouveau président de l’Autorité de lutte contre la corruption au Niger ANP Niger : Les épreuves écrites de la session 2021 du baccalauréat, prévues pour le 27 juillet, reportées au 4 août prochain ANP Le Niger se dote d’une stratégie nationale de couverture sanitaire universelle pour la période 2021-2030 ACAP Ouverture à Bangui des travaux de la Table-ronde du secteur forestier ACAP Les Magistrats recommandent l’engagement systématique des poursuites disciplinaires à l’encontre des juges indélicats ACAP Le gouvernement condamne les exactions perpétrées près de Bossangoa ACAP Le Ministre de la Justice s’entretient avec l’Ambassadeur de France en Centrafrique GNA Government to establish girls STEM SHS in Accra GNA Murdered Constable Emmanuel Osei laid to rest

Safende: Conselho de Governação Comunitário aponta segurança comunitária como “desafio urgente”


  9 Novembre      13        Politique (17870),

   

Cidade da Praia, 09 Nov (Inforpress) – As forças vivas internas e externas do bairro de Safende, presentes na primeira reunião do seu Conselho de Governação Comunitária (CGM), apontaram a segurança comunitária como “um desafio prioritário” e de “carácter urgente”.
Em declarações à Inforpress este domingo após o término do CGM, Ivan Moreira considerou a reunião de “positiva” pela participação e contributo de todos os participantes.
“Devido aos últimos acontecimentos em Safende, o CGM, que vai organizar a forma de funcionar, começa a criar pequenas acções para trabalhar a segurança na comunidade”, concretizou.
Neste momento, segundo disse, o Conselho de Governação de Safende está a lançar sementes para poder, a médio e longo prazo, promover ideias e trabalhos no sentido de influenciar políticas públicas e conseguir recursos para melhor ajudar os residentes.
Conforme Ivan Moreira ficou ainda assente um encontro, na próxima semana, com o comandante da Esquadra da Fazenda da Polícia Nacional, que também participou no CGS, para delinear “acções rápidas” a nível de segurança no bairro.
“Nesta primeira reunião não trabalhamos e nem designamos nenhuma estrutura de coordenação do Conselho, pois o nosso objectivo foi sempre trabalhar uma liderança horizontal ou partilhada, mas pretendemos fazer isso no futuro”, explicou, sublinhando que o primeiro encontro foi para dar a conhecer o órgão e apelar a união do bairro.
Ainda segundo Ivan Moreira é momento de se dar “um basta” a situação que vem sendo vivida na comunidade para se trabalhar “de forma mais acelerada o processo de segurança”.
Para isso, disse esperar contar com a participação de todos que constituem a comunidade de Safende.
Participaram no conselho 22 forças vivas, sendo 11 da comunidade de Safende e 11 de instituições que interagem com o bairro, mas que estão fora deste.
A próxima reunião do CGM de Safende foi marcada para o dia 13 de Dezembro.

Dans la même catégorie