INFORPRESS Porto Novo: 18 mil contos investidos na remodelação e alargamento da rede de baixa tensão em menos de um ano ANGOP BEPC 2019 : début des examens dans la région de Zinder avec 18.568 candidats ANGOP L’Angola continue à donner priorité à l’agriculture et à la pêche pour lutte contre la faim ANGOP CAN2019: Le Président de la République félicite l’équipe angolaise de football ANGOP CAN2019: L’Angola arrache un nul face à la Tunisie INFORPRESS Santo Antão/Porto Novo: Projectos ligados à mobilização de água à volta de 30 mil contos na recta final INFORPRESS Environ 150 Capverdiens se rendent en Chine cette année pour assister à des séminaires dans divers domaines INFORPRESS Santo Antão: de grands événements nationaux rejoignent l’usine de carreaux pour “libérer” le Cabo Verde du plastique GNA Tunisian referee to handle Ghana\Benin game GNA Ensure that laws regulating foreign retail trade are enforced -GEDA

Santo Antão: Autarcas defendem destacamento militar para perímetro florestal do Planalto Leste durante época mais crítica do ano


  20 Mai      10        Militaire (1199),

   

Porto Novo, 20 Mai (Inforpress) – O reforço da vigilância na floresta do Planalto Leste, Santo Antão, preocupa os municípios, que defendem a colocação, no período mais crítico do ano (Junho a Agosto), a chamada época dos incêndios, de um destacamento militar nessa zona.

Os autarcas de Santo Antão, que já em 2018, tinham levantado essa preocupação ao Governo, defendem a colocação de um destacamento militar nesta ilha, mais precisamente no Planalto Leste, para o reforço da vigilância nessa reserva, “pelo menos”, durante o período mais quente do ano, que começa em Junho, prolongando-se até Agosto.

O perímetro florestal do Planalto Leste tem sido alvo, nas últimas duas décadas, de frequentes incêndios, o último dos quais ocorrido em Julho do ano transacto, que consumiu 200 hectares da floresta.

O Governo, a pedido dos municípios, tem destacado militares no combate aos incêndios florestais de maiores proporções que ocorrem em Santo Antão.

Enquanto isso, as câmaras municipais e o Serviço Nacional da Protecção Civil prometem dotar, “em breve”, o corpo de bombeiros do Planalto Leste de mais equipamentos, com vista a reforçar a capacidade de resposta aos incêndios florestais nessa zona, considerada o “pulmão” de Santo Antão.

Saliente-se que Santo Antão recebe, em Julho, uma conferência internacional sobre a gestão e manutenção das florestas, numa iniciativa das câmaras municipais desta ilha, em parceria com a União das Cidades Capitais de Língua Portuguesa (UCCLA) e Governo.

Dans la même catégorie