APS MOUSSA NDIAYE, GRANDE RÉVÉLATION DE LA COUPE DU MONDE U20 (FRANCE FOOTBALL) APS AMINATA DIOP SALL OFFERTE EN MODÈLE DE RÉUSSITE DANS LES DISCIPLINES SCIENTIFIQUES APS LA SÉCURITÉ SANITAIRE AU MENU D’UNE SESSION DE FORMATION ATOP SOTOUBOUA : LA POPULATION SENSIBILISEE SUR L’ALBINISME MAP Programme « Afrique créative »: Appel à candidatures ouvert jusqu’au 15 août prochain (AFD) ATOP SENSIBILISATION SUR L’USAGE INAPPROPRIE DES ANTIBIOTIQUES A LA FACULTE DES SCIENCES DE SANTE DE L’UK ATOP LA CECAP DRESSE UN BILAN POSITIF DE SES ACTIVITES DE 2018 ATOP JOURNEE MONDIALE DU DON DE SANG 2019 : LE CNTS APPELLE LA POPULATION A DONNER DU SANG POUR SAUVER DES VIES MAP Le Comité des Représentants permanents de l’UA tient à Addis-Abeba sa 38 session ordinaire avec la participation du Maroc AGP COPA America : la Colombie surprend l’Argentine de Messi (2-0)

Santo Antão: Fábrica de azulejo a partir de reciclagem de plásticos já labora no Paul


   

Praia, 28 Décembre (Inforpress) – Uma unidade de produção de azulejos, a partir de reciclagem de plásticos, já trabalha na localidade de Penedo de Janela, no município do Paul, Santo Antão, numa iniciativa da Fundação dos Amigos do Paul, na Holanda.
A presidente da Fundação dos Amigos do Paul na Holanda, Maria Teresa Segredo, confirmou à Inforpress que a fábrica já está a laborar, empregando vários jovens do Paul, tendo realçado a importância desse projecto do ponto de vista ambiental, mas também económico, já que vai dinamizar a economia e gerar muitos empregos.
Maria Teresa Segredo, que está em Santo Antão, esteve, esta quarta-feira, de visita à fabrica e disse ter ficado “surpreendida” pelo trabalho que está a ser desenvolvido nessa unidade fabril.
O projecto, que representa um investimento à volta dos quatro mil contos, foi financiado pela Cooperação Holandesa, através da Universidade Tu Delf, em Rotterdam.
Trata-se, assim, da primeira unidade de transformação de plástico em azulejo instalada em Cabo Verde, uma iniciativa que deverá ser alargada a outras ilhas de Cabo Verde, a começar por Santiago, onde há muito mais material reciclável, segundo a presidente dessa fundação.
“Vamos recolher todo o tipo de plástico e limpar Cabo Verde”, sublinhou Maria Teresa Segredo, considerando essa, também, uma forma de dar trabalho aos jovens que, actualmente, estão no desemprego.
Projectos idênticos já foram materializados, com sucesso, em vários países africanos, pelo que a Fundação dos Amigos do Paul na Holanda acredita que este projecto, que envolve ainda algumas associações ligadas ao ambiente em Cabo Verde, “tem tudo para dar certo”.
Em Santo Antão, a Fundação dos Amigos do Paul na Holanda tem estado a implementar outros projectos sociais, com destaque para a criação de um lar de idosos, um centro de emergência infantil e centro de formação profissional para os jovens, todos no município paulense.
JM/ZS

Dans la même catégorie