APS LES RECOMMANDATIONS DE CEERNO SILEYMAANI BAAL GRAVÉES SUR UNE SCULPTURE POUR LA MÉMOIRE COLLECTIVE ANP Echange à Niamey entre le Chef de l’Etat Nigérien Issoufou Mahamadou et Secrétaire Général de la ZLECAF ANP Covid-19 : 6,560 milliards de Fcfa de l’Allemagne pour soutenir le plan de riposte à la pandémie au Niger ANP Décès à Niamey de l’ancien Président de la République Tandja Mamadou ANP L’Hôtel Gaweye de Niamey sur le point d’être repris par le groupe Bravia ANP La société ORANO Mining Niger fait don d’équipements d’une valeur de 125 millions de CFA aux sinistrés des inondations du département de Kollo MAP Décès de l’ancien président nigérien Mamadou Tandja APS UN CENTRE DE FORMATION VEUT PROFITER DU TOURNOI DE L’UFOA POUR MIEUX EXPOSER SES PENSIONNAIRES APS TOURNOI DE QUALIFICATION DE LA CAN DES U20 : LA GAMBIE COMPLÈTE LE CARRÉ D’AS APS TOURNOI DE QUALIFICATION : LA GAMBIE NE CRAINT AUCUNE ÉQUIPE EN DEMI-FINALES (COACH)

Santo Antão: Plano de reacção e mitigação face à emergência por covid-19 contempla ilha com oito projectos


  20 Novembre      4        Société (25163),

   

Praia, 20 Nov (Inforpress) – O Plano de reacção e mitigação face à emergência por covid-19 contemplou Santo Antão com mais de três mil contos para a implementação de oito iniciativas de ajuda imediata e de reconstrução no período pós-emergencial nos três municípios.

O Plano de reacção e mitigação face à emergência por covid 19, executado e financiado pela União Europeia, Associação dos Amigos da Natureza (AAN) e o Centro de Estudos Rurais e Agricultura Internacional (CERAI), teve início no mês de Abril de 2020 e termina em Dezembro próximo, com a execução de três projectos no Porto Novo, três na Ribeira Grande e os restantes dois no município do Paul.

Elisa Carlotta Quadri, responsável pela comunicação do CERAI, explicou à Inforpress que na primeira fase do plano, que decorreu entre Abril e Maio, Porto Novo beneficiou de dois projectos  financiados à Associação de Desenvolvimento Comunitário dos Pescadores e Peixeiras de Porto Novo para o reforço e apoio para medidas de mitigação da covid-19 no sector da pesca artesanal, no valor que ultrapassou os 330 contos.

Também, a Associação de Desenvolvimento Comunitário Luz Verde do Norte foi contemplada com 350 contos para a implementação da iniciativa virada para a mitigação “dos graves efeitos” provocados pela covid 19 nas comunidades dos criadores de gado do Planalto Norte.

No município de Ribeira Grande, foi abrangida a Associação para o Desenvolvimento Integrado de Matinho de Leste e Monte Joana com o reforço do abastecimento de água para melhorar as condições socio-sanitárias destas localidades, no valor de 240 contos.

Ainda neste concelho, avançou a responsável, a Associação Luz Viva de Lagoa do Planalto Leste beneficiou do projecto para a mitigação com ajudas de materiais ao impacto da covid-19 na região de Lagoa e Espadaná, orçado em mais de 329 contos.

A Associação Liga dos Amigos do Paul recebeu um financiamento de quase 350 contos para “a prevenção e salvaguarda de ganhos sociais e económicos diante da covid-19”, explicou a mesma fonte.

Nesta segunda fase do plano (iniciativas comunitárias de reconstrução no cenário pós-emergência), para o período Julho/Dezembro, Porto Novo foi contemplado com 565 contos para a implementação do projecto “Fortalecimento da Rede de Agricultores Familiares da Freguesia de Santo André”, a cargo da Associação de Agricultores da Ribeira da Cruz.

Na Ribeira Grande, a Associação Comunitária para o Desenvolvimento Integrado de Mocho de Garça recebeu um financiamento de 565 contos para a implementação da acção “Restauração de actividades hortícolas no seio das mulheres agricultoras locais, enquanto no Paul, a Associação Dragoeiro beneficiou da acção “Plataforma solidária para dinamização da produção local”, também, no valor de 565 contos.

Através deste plano, que abrangeu igualmente as ilhas de São Vicente e São Nicolau, foi possível apoiar, nas três ilhas, 17 iniciativas de ajuda imediata e de reconstrução no período pós-emergencial, levadas a cabo por associações comunitárias, que atingem um valor total de 6.600 contos.

Estes fundos, segundo Elisa Carlotta Quadri, foram activados no âmbito do projecto “Aliança para o Direito Humano à Alimentação Adequada e Iniciativas de Empoderamento de Jovens e Mulheres Rurais” financiado pela União Europeia à AAN e ao CERAI.

Dans la même catégorie