AIP Seulement trois entreprises du bois certifiées en Côte d’Ivoire (Syndicat) AIP Visite d’Etat dans la Marahoué : 20.000 personnes attendues au meeting du président Ouattara à Sinfra AIP Visite d’Etat dans la Marahoué: Le stade de Douafla prêt à accueillir le premier meeting du Président Ouattara à Sinfra AIP La délimitation du territoire d’un village, « une mine d’or », selon un expert en foncier GNA GenCED calls for anti-sexual harassment law, policies at work places GNA Clear drains, gutters to prevent flooding – GMet GNA Auxiliary staff take over nurses’ roles in Hohoe GNA Iranian envoy bids farewell to President Akufo-Addo GNA CSIR-SARI Scientists commended for maintaining protocols GNA President Akufo-Addo launches Pan African Heritage Museum

Santo Antão: Sindicato abre delegação no Porto Novo para facilitar atendimento aos trabalhadores


  20 Juillet      4        Emploi (243),

   

Porto Novo, 20 Jul (Inforpress) – O Sindicato Livre dos Trabalhadores de Santo Antão (SLTSA), sede na Ribeira Grande, passa a contar com uma delegação na cidade do Porto Novo, cujo acto de abertura teve lugar este sábado.
A delegação, situada em Aboufadouro, num dos bairros da cidade do Porto Novo, vai facilitar o atendimento aos trabalhadores neste município, segundo o secretário permanente do SLTSA, Carlos Bartolomeu, para quem esses serviços vão ser de “extrema importância” para este sindicato, que reforça, assim, a sua cobertura na ilha.
A abertura da delegação foi marcada, ainda, pelo encontro com dirigentes locais do SLTSA para a análise da situação social e sindical em Santo Antão, que tem sido, “nos últimos tempos”, marcada pela rescisão “de forma abusiva” de contratos de trabalho por parte serviços ligados à restauração e hotelaria.
Segundo o secretário permanente do SLTSA, “muitos serviços”, sobretudo os ligados à restauração e hotelaria, estão a aproveitar “a situação da pandemia” por que passa o País para, “de forma abusiva”, rescindir os contratos de trabalho e deixar “muitos trabalhadores” no desemprego.
O sindicalista tem estado a reclamar a criação em Santo Antão de representações da Inspecção-geral do Trabalho e da Direcção-geral do Trabalho para a “protecção” dos trabalhadores, que estão a ser despedidos de forma ilegal.

Dans la même catégorie