APS MACKY SALL GRACIE 551 PRISONNIERS À L’OCCASION DE LA KORITÉ AIP Un incendie ravage des magasins au marché central de Bonoua AIP Bédié regagne Daoukro après un an d’absence GNA Two jailed 26 years over attempted robbery GNA Care International and Mars Incorporated to empower women cocoa farmers ANP Le Gouvernement nigérien adopte sa Déclaration de Politique Générale GNA Gyamfi’s double powers Kotoko past Ebusua Dwarfs INFORPRESS Le président de la FCF défend que toutes les institutions sportives soient auditées INFORPRESS L’association syndicale de la PJ garantit qu’il y a un «sentiment d’unité» et que la classe «se sent très respectée» INFORPRESS Handball: New women’s handball coach wants Cape Verde to make history at CAN

São Nicolau: “Agora é tempo de trabalho e cooperação” – ministro


  20 Novembre      4        Arts & Cultures (1598),

   

Cidade do Tarrafal, 20 Nov (Inforpress) – O ministro da Cultura e das Indústrias Criativas, Abraão Vicente, testemunhou quinta-feira, em Tarrafal de São Nicolau, o empossamento dos novos eleitos municipais locais e considerou que o momento é de trabalho e cooperação.

“Agora é tempo de trabalho e cooperação, de pôr de lado todas as disputas partidárias e dar lugar a um período de partilha de ideias”, disse Abraão Vicente adiantando que é momento de “em conjunto, construir estratégias para o desenvolvimento e empoderamento do poder local”.

Abraão Vicente fez esta afirmação durante a cerimónia de empossamento dos órgãos autárquicos do município do Tarrafal e considerou que “as eleições de 25 de Outubro demonstraram, mais uma vez, a vitalidade democrática de Cabo Verde e do município”.

“É necessário estreitar relações com os municípios, centrado numa nova atitude entre poder e cidadania, de forma responsável”, salientou o governante afirmando que “o Governo irá continuar a criar projectos estruturantes para o município e para a ilha, em geral, como forma de alavancar sempre o desenvolvimento”.

Abraão Vicente acrescentou ainda que nos municípios onde a equipa que governa tem “maioria confortável”, tem o dever de fazer todos os esforços para envolver os partidos da oposição e grupos de cidadãos na procura de soluções.

LS/HF

Dans la même catégorie