AIP Déguerpissement des quartiers précaires : le ministre gouverneur Cissé Bacongo et les maires d’Abidjan s’accordent sur le mode opératoire MAP La République du Congo officiellement connectée au câble sous-marin « 2Africa » MAP La Namibie et le PAM s’associent pour renforcer la sécurité alimentaire et la gestion des catastrophes ANGOP Les États-Unis allouent un million de dollars pour un projet de biodiversité à Cuando Cubango AGP Guinée: Le mouvement syndical suspend sa grève générale UNA-ANP Médine : Début de la 44ème édition du Forum Al-Baraka sur les objectifs de la Charia et le cadre réglementaire de l’économie islamique AIB Jeux_africains 2024 : le Burkina Faso y participe avec 15 disciplines AIP L’UNESCO renforce les capacités des cadres de l’administration burkinabè en prospective stratégique AIP SIA 2024 : Laurent Tchagba tisse un partenariat solide avec l’ONF de France pour la restauration du couvert forestier AIP La JCI « Abidjan soleil » place La 4è édition de Women’s day sous le signe du leadership féminin en entreprise

São Vicente: Associação de Peixeiras do Mindelo prepara estreia da peça de teatro “Peles” para domingo


  4 Décembre      12        Culture (1440),

 

Mindelo, 04 Dez (Inforpress) – A Associação de Peixeiras do Mindelo vai levar domingo, 10, ao palco do Centro Cultural do Mindelo a peça teatral “Peles” que propõe trabalhar a temática da Violência Baseada no Género (VBG) com a comunidade piscatória.
A ideia, segundo Patrícia Silva, da Escola de Teatro Xpressá, que escreveu e dirige a peça, é levar 21 não-actores e atrizes ligados às comunidades piscatórias do Calhau, Mindelo e São Pedro, e ao projecto “Amdjer d’txeu luta”, a reflectirem sobre o seu meio envolvente, através de um processo transformativo em que se podem verificar mudanças nas práticas sociais capazes de conduzir a casos de VBG.
Ou seja, continuou, através da interpretação de um elenco local de peixeiras, pescadores e tratadores de pescado, ao longo do espetáculo vários sectores da sociedade poderão reflectir sobre o ciclo da violência nas relações afectivas em que as personagens irão reproduzir o mesmo, num processo de tomada de consciência dos sinais e momentos que compõe situações de VBG.
O espectáculo está previsto para as 19:00 de domingo, 10, e faz parte do projecto “Promoção de uma cadeia de pesca integral mais inclusiva e sustentável que favoreça o acesso aos direitos das mulheres e dos jovens no litoral de São Vicente – Amdjer d’txeu luta”.
O mesmo é implementado pela Associação de Peixeiras do Mindelo e as ONG Paz e Desenvolvimento e Coopera e é financiado pela Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento (AECID).
Os bilhetes estão disponíveis na sede da Associação de Peixeiras do Mindelo, situada na réplica da Torre de Belém e serão cedidos aos interessados em troca de um quilograma de alimento não perecível.
Na sinopse da peça, a autora escreveu: “Várias personagens experimentam a pele do outro, sentem, respiram e movimentam-se no palco na pele do outro, pele de homem, pele de mulher. (…) No íntimo do nosso ser, na intimidade das nossas relações afectivas muitas vezes violentas, tocamos uns aos outros sem nunca pensar como será vestir a pele do outro. Numa espécie de coreografias, personagens travestem-se ao longo do espetáculo reflectindo acerca do seu papel sexual e do espaço de poder ocupado socialmente”.
O projecto “Amdjer d´txeu luta”, iniciado em Junho, tem duração prevista de 21 meses e visa contribuir para que a população ligada ao sector da pesca artesanal na costa de São Vicente, nomeadamente no Mindelo, Calhau e São Pedro, melhore sua situação socioeconómica de forma sustentável.

Dans la même catégorie